Regional

Novo diretor brasileiro cumpre primeiro compromisso na Itaipu

| 16/04/2018 - 06:45

Novo diretor brasileiro cumpre primeiro compromisso na Itaipu

Ontem, segunda-feira (16), o novo diretor-geral da Itaipu Binacional foi à Argentina para encontro trinacional sobre saúde, que envolve representantes do Brasil, do Paraguai e do país anfitrião.
Já empossado em sua nova função, o advogado Marcos Vitório Stamm, que substituiu Luiz Fernando Leone Vianna, está cumprindo no país vizinho, entre ontem e hoje, seu primeiro compromisso externo como diretor-geral brasileiro da Itaipu. Ele participa da 162ª Reunião Ordinária do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde (GT Itaipu-Saúde) em Posadas, capital do Departamento de Misiones, que faz fronteira com Foz do Iguaçu (PR). O evento começou ontem (16/04) e termina hoje (17/04).
O encontro reúne várias autoridades da área de saúde. A ideia é apresentar as experiências do GT-Itaipu – que atua na tríplice fronteira – e debater a possibilidade de criar naquela região um grupo similar ao liderado pela Itaipu. Assim como Foz do Iguaçu, onde fica a usina, Posadas (AR) também faz divisa com o Paraguai. Uma ponte internacional conecta o município a Encarnacíon (PY). A localidade, a cerca de 300 km de Foz, é área de influência da hidrelétrica binacional de Yacyretá, cujos sócios são o Paraguai e a Argentina.
Na Diretoria Financeira Executiva de Itaipu, onde permaneceu por pouco mais de um ano, até a última sexta-feira (13/04), Stamm esteve à frente do GT Itaipu-Saúde pelo lado brasileiro da empresa. Com ele, vários programas tiveram grandes avanços e foram ampliados para toda a região Oeste do Paraná, especialmente os relacionados à saúde – como o próprio GT – à educação financeira.
Posse
Ainda na sexta-feira (13), Stamm tomou posse como diretor-geral brasileiro numa solenidade protocolar interna de assinatura do livro de autoridades, na sede da Itaipu em Curitiba (PR).
Bastante emocionado, Stamm agradeceu a confiança do presidente Michel Temer pela nomeação publicada em 13 de abril no Diário Oficial da União. “Falava com o Vianna que ele tinha uma grande responsabilidade de substituir o [Jorge] Samek que, por sua vez, deixou um legado importante na Itaipu. Agora eu tenho uma dupla responsabilidade, a de substituir o Samek e o Vianna, que também deixou sua marca na empresa”, disse o novo diretor.
Nomeação
Marcos Vitório Stamm assumiu a função no lugar do engenheiro eletricista Luiz Fernando Leone Vianna, exonerado a pedido, no início do mês, para atuar na iniciativa privada.
A nomeação do novo diretor-geral brasileiro foi feita pelo presidente Michel Temer e publicada na última sexta-feira (13/04), no Diário Oficial da União (DOU). O decreto é assinado pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo novo ministro de Minas e Energia (MME), Moreira Franco, nomeado em (09/04). No mesmo decreto Stamm foi exonerado da função de diretor financeiro executivo.
Quem é Stamm
Formado em Direito, Marcos Stamm tem sido convidado para falar sobre a constituição de Itaipu, estabelecida a partir de um tratado celebrado entre dois países (Brasil e Paraguai), em 1973; sua natureza jurídica e de como a empresa se tornou não apenas recordista mundial de produção de energia limpa, mas também exemplo em ações de sustentabilidade.
Nessas apresentações, o diretor tem destacado o papel da Itaipu para impulsionar o desenvolvimento regional nos dois lados da fronteira. Desde 1985, quando começou a gerar energia, já foram repassados mais de US$ 10 bilhões em royalties ao Brasil e ao Paraguai. “Itaipu é um caso de referência de integração entre países com grandes diferenças culturais e assimetrias econômicas”, afirmou o diretor-geral.
Advogado público do Paraná, Stamm é londrinense, formado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 1981, com pós-graduações em Direito Administrativo – Licitações e Contratos Administrativos, e em Direito Administrativo – Controle da Administração Pública, ambas pela Faculdade de Direito de Curitiba.
Foi diretor-geral da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho do Paraná, em 1999 (durante o período respondeu pelo cargo de secretário de Estado da pasta); delegado regional do Trabalho substituto da Delegacia Regional do Trabalho do Estado do Paraná e chefe do Serviço de Relações do Trabalho, no período de 1996 a 1998; e diretor administrativo e financeiro da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em 1990.
Também foi assessor do governador do Estado do Paraná, em 2010; chefe de gabinete do secretário da Assessoria Especial do Governo do Estado do Paraná, no período de 1987 a 1990; chefe de gabinete da Fundação da Assistência aos Municípios do Paraná (Famepar), no período de 1984 a 1987; assessor técnico do Senado Federal – gabinete do senador Sérgio Souza, no período de 2011 a 2014.
Fonte: Júlio Covello/Itaipu Binacional
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Arrancadão de Tratores atrai grande público a Maripá

Santa Helena pretende investir quase 10 mi no Balneário

São Miguel realiza Semana Cultural Indígena

Marechal Rondon conhece seus representantes para os Jogos Escolares

Novo diretor brasileiro cumpre primeiro compromisso na Itaipu

Programação especial marca o 28º aniversário de Maripá

Marechal Rondon debate sobre alergia ao leite de vaca

Senado aprova maior compensação para municípios com hidroelétricas

Palotina celebra convênio com a Itaipu para construção de casas populares

Technovação/InnovaCities: o maior evento do Oeste do PR

Mais Destaques
"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)