Artigos

Ou renasce das cinzas ou volta do coma

| 02/04/2018 - 21:00

Por trás da violência, falta de Educação, Saúde, Transporte, principalmente para as famílias de baixa renda, está a famigerada corrupção em todas as instâncias, desde a urna eletrônica, que ainda é uma incógnita, até os eleitores que aceitam vender o voto.
Não é só a inaptidão da máquina pública em gerir os recursos da renda nacional. Não existem fórmulas econômicas eficazes e duradouras que sejam capazes de debelar a infestação provocada pela corrupção, enquanto não forem feitas as mudanças na estrutura do Estado e no seu arcabouço jurídico, de forma não só a estancar a hemorragia do dinheiro do contribuinte, mas deter, na origem os desvios, quaisquer que sejam, mesmos os mais insignificativos. Protegidos pelo odioso e necessário instituto do foro privilegiado, cobertos pelo manto amigo da justiça, através dos mais caros advogados do país e contando ainda com o espírito de corpo, nossos políticos, são o que são e agem como agem, por causa de um detalhe que passa quase imperceptível aos nossos olhos: eles são a nossa imagem.
Para tanto, foram alçados a essa posição por nossa vontade expressa. Nossos corruptos são tantos e tão variados que para cada um que a justiça consegue por as mãos, outros tantos se apresentam para assumir o lugar.
As imagens de assassinatos covardes, de desavenças odiosas entre ideologias diferentes, de prisões de corruptos que ainda se acham intocáveis mostram um Brasil se debatendo em agonia em busca de uma democracia limpa.
Por aqui os partidos funcionam como uma espécie de clube fechado, onde as lideranças se comportam como donas da sigla, sem obediência alguma às normas do estatuto e onde prevalecem as atitudes corporativas, mesmo que estas afrontem o eleitor e a ética. Na realidade os partidos não representam ninguém, além deles mesmos e de seus interesses imediatos.
De um modo geral, o que se tem são políticos que adentram para esta atividade unicamente para enriquecer, tamanhas são as oportunidades postas ao seu desfrute. Financiamentos públicos, fundos partidários e agora os chamados fundos eleitorais, tudo isso sem contar com as infinitas regalias financeiras obtidas com o cargo, além, é claro da prerrogativa de ser investigado, sine die, por instâncias superiores da justiça.
As gigantescas manifestações de rua que se sucederam por todo o país, deixam clara a insatisfação da população com os políticos e principalmente com suas legendas. Pesquisas de opinião pública asseguram que os políticos e suas siglas estão entre os campeões de desconfiança. Muitos políticos, conhecedores desse fato, evitam aparecer em aglomerações públicas, com medo da reação das pessoas. Com o todo o volume de denúncias que vem ocorrendo, por conta dos escândalos de corrupção, não se observa modificação no comportamento dos partidos. Nenhum desses parlamentares sob investigação foi afastado de suas legendas, nem aqueles que se encontram na prisão.
com Circe Cunha e Mamfil
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

Brasil rejeita os extremismos: nem Bolsonaro nem Boulos

A paz esteja convosco. Sou Eu mesmo!

Coerência na política econômica

Depois de três anos de austeridade fiscal, nenhum motivo para comemoração

Cúpula das Américas: uma oportunidade perdida

Felizes os que creem sem ter visto!

Com prisão de Lula e restrição do foro, políticos correm para reforçar blindagem

E depois de Lula? Depois dele, que venham também os outros

O Brasil está à beira de um ataque de loucura?

Ou renasce das cinzas ou volta do coma

Mais Destaques

Cidade

Marina Elali apresenta-se no Teatro nesta sexta e anuncia desejo de ser mãe

Opinião

Mensagem: Ciscopar x Gestão

Economia

Como declarar conta do banco no Imposto de Renda 2018

Regional

São José das Palmeiras comemora 33 anos com festa

Gente X Poder

Apenas 60% das empresas da feira shopping são de Toledo.

Estado

Mesmo vaga, vice-governadoria consumirá R$ 50 mil por mês em comissionados

Geral

Conta de luz aumentará com venda da Eletrobrás, dizem especialistas

"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)