Regional

No Paraná,95% dos presos retornaram das saídas temporárias

| 12/01/2018 - 20:20

Cerca de 95% dos presos que cumprem pena em regime semiaberto que foram liberados para passar as festividades de fim de ano com seus familiares retornaram para o sistema prisional. O balanço final foi divulgado pelo Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) nesta quinta-feira (10).
Dos 1.540 presos beneficiados com a portaria, 67 deles não retornaram, o que representa um índice de evasão de 4,35%, número bastante similar em relação ao ano passado, com uma leve diminuição. No último ano, o índice de presos que não retornaram às unidades após as saídas temporárias foi de 4,99%.
Os presos que não se apresentaram nas unidades penais no prazo estabelecido são considerados foragidos. Nesses casos, as unidades comunicam ao Poder Judiciário para que seja expedido um novo mandado de prisão.
Segundo o diretor-adjunto do Depen, Cezinando Vieira Paredes, o número de saídas temporárias foi menor que o anunciado pelo departamento por conta de um mutirão carcerário. “Estavam previstas 1.733 saídas temporárias em todo o Estado, mas como houve alvarás de soltura e benefícios como o uso de tornozeleiras eletrônicas esse número diminuiu”, explicou Paredes.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Ex-prefeita e Provopar de Assis Chateaubriand devem restituir R$ 3,6 mi

Saúde rondonense comemora aquisição de novos veículos

Investimentos na Pecuária em Engenheiro Beltrão/PR

Prazo para pedido de isenção do IPTU começa na segunda-feira

Ecoponto rondonense amplia horário de atendimento

Criança de 3 anos morre após ser picada por escorpião

Licitação garante compra de equipamentos para UBS

Marechal Rondon e Emater firmam parceria

Acampamento Pais e Filhos acontece neste fim de semana em Porto Mendes

Portal da Transparência teve 615 mil acessos em 2017

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)