AgroGazeta

Receita do agronegócio deve crescer mais de 10% em 2018

| 10/01/2018 - 20:00

Receita do agronegócio deve crescer mais de 10% em 2018

O aumento dos preços internacionais das commodities e a demanda da China devem fazer de 2018 um ano positivo para o agronegócio do Paraná. O setor, um dos poucos que cresceu na crise econômica, se prepara para avançar ainda mais, mesmo com uma estimativa menor para a produção grãos.
“A safra paranaense de grãos será menor, por questões climáticas, como a La Niña, mas dentro dos patamares históricos. Vamos continuar a crescer na produção de frango, suínos e peixes, e devemos manter a posição de maior produtor de proteína animal do País”, diz o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.
Ortigara ressalta que o agronegócio representa 30% da economia do Paraná e tem contribuído para o bom desempenho do Estado em indicadores de outros setores, como a indústria, comércio, serviços e geração de empregos. “A riqueza gerada no campo impacta toda a cadeia produtiva paranaense”, afirma.
A estimativa da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) é de que o faturamento do agronegócio volte a crescer acima de 10%. “Em 2017 devemos ter fechado com receita próxima de R$ 71 bilhões, mas com crescimento bem menor, em torno de 2% a 3% em relação a 2016”, explica Flávio Turra, gerente técnico da Ocepar.
Segundo ele, para 2018, com a retomada dos preços, a venda dos estoques de passagem e o aumento da industrialização da produção a perspectiva é que o setor volte a crescer a taxa de dois dígitos. A meta da entidade é que as 220 cooperativas do Estado atinjam um faturamento conjunto de R$ 100 bilhões nos próximos anos.
GRÃOS - Depois de um ano considerado excepcional para a safra paranaense, que bateu o recorde de 41,6 milhões de toneladas, 2018 deve ter uma colheita menor, mas que deve ser compensada pela melhora das cotações, de acordo com Turra. A China, principal comprador de produtos do Paraná, deve continuar a demandar tanto grãos quanto carnes.
A projeção do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, é que a safra total 2017/2018 fique em 35,5 milhões de toneladas, 10% abaixo da anterior.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Após embargo europeu, BRF em Toledo anuncia férias coletivas

Agronegócio na busca de 1 trilhão de dólares

Rotação em adubação verde aumenta retorno econômico

Defesa Agropecuária diz que não havia mais motivo para manter suspensão à BRF

Eficiência de misturas é demonstrada no Encontro de Verão

Preço da soja incentiva comercialização do grão

Valorização da soja no Brasil chega a R$ 10/saca

Vendas melhoraram e preço do suíno subiu no atacado

Importação de soja na China cai 10% em março

Valor da Produção Agropecuária é estimada em R$ 530,1 bilhões

Mais Destaques
"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)