Artigos

Gordura para queimar

| 13/12/2017 - 21:20

A reforma da previdência é no momento, garantia de reeleição. O fundo partidário (dinheiro, que deveria ser usado, na saúde, educação, ou qualquer programa, voltado a população, é moeda de troca, para garantir que o governo, tenha suas propostas aprovadas). O deputado, que votar pró governo, terá uma fatia mais gorda, em dinheiro, para sua campanha. Caso não aceite, vai ter que arcar sozinho, com as custas, de sua campanha. Isso sem falar que, subiram a seu palanque, apenas políticos pró governo. Quer dizer, não será fácil se eleger, sem “bons companheiros” e com pouca grana, a reeleição pode não acontecer.
Isto soa a chantagem, vote com o governo e ano que vem terá dinheiro, não vote e será dito como persona non grata.
O líder dos deputados, Rodrigo Maia, disse em entrevista, “a proposta da previdência, só será votada, quando houver votos suficientes, para sua aprovação”. O líder do governo, ¹Pauderney Avelino, (que deve na praça, por isto de ser líder do governo), disse também em entrevista, não estarem preocupados, com a possibilidade, da proposta do governo não ser aprovada. Eles têm muita gordura para queimar.
Numa leitura livre, a grana para comprar deputados, tem aos montes. Não sai do trabalho, dessas pessoas, saem de suas leis, absurdas, que apenas os beneficiam. Quem não votar, com o governo, dificilmente se reelege. Para que ter pressa?
Vamos queimar gordura, a vara produz muita banha. E a cloaca que administra o país, tá nem ai com nada, há muitos porcos para o abate.
Paulo Cesar
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

A velha política

Xadrez Político: A necessária troca do tabuleiro

Imediatamente deixaram tudo e seguiram Jesus

Os reflexos da violência na sociedade

Pela trilha do século passado

Brasil: a imperfeita separação dos poderes

“Mestre, onde moras? Vinde e vede”. E permaneceram com Ele

Ministra Cristiane Brasil, berço e judicialização como retrato da política do país

Complexo do colonizado

O ensinamento de Jesus liberta e salva

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)