Cidade

Provas de exatas devem ser as mais complicadas do Enem

| 10/11/2017 - 21:45

Provas de exatas devem ser as mais complicadas do Enem

Deixar para estudar conteúdos muito difíceis na véspera das provas de exatas, a etapa mais “decoreba” do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), pode ser um tiro no pé, na opinião de professores. “O candidato vai ficar estressado e se sentir muito inseguro. Isso poderá comprometer o ganho efetivo dele no dia do exame”, diz Fernando Da Espiritu Santo, professor de matemática do Poliedro, em São Paulo.
Neste domingo (12), os candidatos terão 4h30 para resolver um bloco de 90 questões nas áreas de matemática, química, física e biologia. De acordo com os professores ouvidos pela reportagem, os dois dias que antecedem o exame devem ser usados para breves revisões das matérias.
“É a fase das fórmulas e dos conceitos. O candidato vai precisar saber das regras para conseguir um bom resultado”, explica Ronaldo Carrilho, professor de física, do Anglo. Para ajudar o candidato que vai enfrentar a segunda maratona de provas, a reportagem entrevistou professores das quatro áreas de exatas, colheu dicas e selecionou conteúdos que têm muita chance de cair nesta segunda etapa do Enem.
Matemática: Seja um leitor
Resolver cálculos matemáticos exige interpretação. Para Fernando Da Espiritu Santo, professor da área no Poliedro, a prova vai testar a competência leitora do candidato. “É muito comum na prova aparecer uma resposta correta entre as alternativas, mas ela não responde o que a questão em si está pedindo e, nesse caso, está errada. Por isso, é importante saber ler com muita atenção o que se está pedindo”, afirma. Para Fernando, a prova de matemática desta edição seguirá uma tendência: será conteudista -com fórmulas e regras claras da área. “É preciso saber de fato conceitos específicos da disciplina.”
Dica de última hora
Revise fórmulas, faça exercícios para fixar o conteúdo, mas sem exageros, e vá atrás de provas anteriores do Enem para se familiarizar com o estilo do exame.
O que pode cair
Noções de razões e proporções, análise de gráficos e tabelas, estatística (média, mediana e moda), funções (sempre relacionadas com situações do cotidiano), geometria (plana e espacial), exponenciais e logaritmos e probabilidade.
Física: Mire em três áreas
O Enem é um “jogo”, na visão de Ronaldo Carrilho, professor de Física do Anglo, em São Paulo. “E por ser um jogo, ele exige que seus competidores tenham estratégia”, diz. As 90 questões de exatas estarão embaralhadas. A melhor estratégia, segundo Carrilho, é começar pelas perguntas mais fáceis. “Você ganha tempo e passa na frente”, afirma. Em Física, o especialista acredita que a prova vai exigir muito conteúdo, com fórmulas e teorias clássicas da disciplina.
Dica de última hora
Pegue as provas anteriores e faça esquemas de fórmulas das principais teorias da física, com fórmulas e conceitos-chave.
O que pode cair
Aposte em três grandes blocos da Física: Calorimetria, Eletrodinâmica e Ondulatória.
Química: A resposta está no cotidiano
A química sempre ocupou o topo do ranking entre as disciplinas mais temidas nos exames vestibulares. Pietro Escobar, professor da área no cursinho Oficina do Estudante, de Campinas (SP), explica o motivo. “Embora seja uma ciência exata, a química estabelece relações com outras áreas. E é isso que causa muita dor de cabeça entre os estudantes.” Para Escobar, o Enem tem por tradição cobrar questões que abordem a “química do cotidiano”. “O simples ato de lavar uma louça envolve um conceito da área. O aluno precisa saber porque o sabão consegue dissolver a gordura durante a lavagem dos pratos.”
Dica de última hora
Refaça provas anteriores e escreva pequenos resumos de conceitos clássicos da disciplina.
O que pode cair
Cálculos de concentração de soluções, estequiometria, funções orgânicas de maneira geral, radioatividade (30 anos da tragédia do Césio 137) e equilíbrio químico
Biologia: Corpo humano é pop
A prova de biologia está cada vez mais antenada em assuntos “pop” e que afetam o dia a dia de todos, segundo o professor Luiz Carlos Bellinello. “O corpo humano virou na última década um grande campo de estudo. E na prova do Enem, certamente, haverá questões sobre o tema”, disse Bellinello. O candidato também precisará ficar atento a questões de ecologia, que, segundo Bellinello, sempre ocupam 1/3 da prova de Biologia no exame. “O aluno precisará saber como ocorre o processo de fotossíntese, as implicações do aumento da poluição nas grandes cidades e a pressão econômica nas florestas, que vem perdendo sua cobertura verde. O que acontece nesse cenário do ponto de vista biológico?”
Dica de última hora
Revise conceitos clássicos da área.
Fonte Bem Paraná
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Prefeitura e Biopark firmam parceria

Gallassini comemora Jubileu de Ouro com sua Turma de Agronomia

Nono sorteio da campanha ‘ACIT 50 anos, 50 motos’ será realizada hoje

Cautelar suspende contratos da Copel

CNMP realiza Ação Nacional em defesa do Sistema Prisional

Sistema OCB lança campanha de valorização das cooperativas brasileiras

Palestra encerra programação da Escola de Pais deste ano

Acit comemora cinquentenário neste dia 23

Alunos do EJA realizam 8ª Mostra Cultural e Pedagógica

Última coleta analisa a situação sanitária dos animais silvestres de Toledo

Mais Destaques
"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)