Cidade

Seminário na Fiep debate desafios e oportunidades da logística reversa no Paraná

| 11/10/2017 - 20:30

Seminário na Fiep debate desafios e oportunidades da logística reversa no Paraná

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) promove, no próximo dia 18, em Curitiba, o 1º Seminário Paranaense de Logística Reversa. O evento vai apresentar o status da implementação dessa prática no Estado, além de casos concretos já implantados por indústrias ou setores para a correta destinação de resíduos pós-consumo. O seminário tem como correalizadores a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), o Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR) e o Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Paraná (Sinqfar/PR).
Instituída pelo Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a logística reversa consiste na implantação de ações para viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos pós-consumo ao setor empresarial, para reaproveitamento em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou para uma destinação ambientalmente adequada. A PNRS considera que fabricantes, comerciantes, importadores, distribuidores, consumidores e o poder público têm responsabilidade compartilhada nesse processo.
No Paraná, o setor industrial tem se debruçado sobre esse tema desde 2012. Naquele ano, por articulação da Fiep, sindicatos empresariais ligados a diferentes cadeias produtivas assinaram termos de compromisso com a Sema, iniciando as discussões para a elaboração de planos de logística reversa no Estado. Desde então, vários setores avançaram nesse processo, com iniciativas concretas já em andamento. Uma das mais recentes, lançada no último mês de julho, foi a criação do Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), que vai atuar principalmente para a o correto descarte ou reutilização de embalagens das indústrias de alimentos.
Durante o seminário, serão debatidos os desafios e as oportunidades que a exigência da logística reversa traz para a indústria, além dos aspectos ambientais, econômicos, sociais e legais envolvidos nessa prática. Também serão apresentados casos práticos já implantados por indústrias ou setores para a destinação de resíduos pós-consumo, como medicamentos, embalagens de bebidas, filtros automotivos e compósitos, entre outros.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Cota única da parcela do IPTU deve ser paga até dia 12 de março

Nova coordenadora assume Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária

Certi Pioneiro retorna com atividades nesta sexta-feira

CNMP apresenta proposta para ocupantes de cargo em comissão no MP

Núcleo de Gastronomia se prepara para renovar selo de qualidade

Paraná altera base de cálculo do ICMS de medicamentos

Radar portátil passa por aferição do Inmetro

Saúde realiza audiência pública quadrimestral para prestação de contas

Convênio oferta atividades em contraturno escolar na rede municipal

Inscrições para vagas de curso sobre Inovação encerram dia 11/03/18

Mais Destaques

Variedades e Gente

Ação Social promove Almoço Italiano

Cultura

AMOP lança projeto cultural para 54 cidades da região

Política

Brasil cai 17 posições em ranking global de corrupção

Regional

Projeto-piloto da Caciopar dá novo impulso a SPCs de cidades do Oeste

Geral

Cresce abertura de novas empresas no Brasil

Esporte

ABATOL recebeu cartão Passe Atleta

Gente X Poder

Teto baixo ou teto ALTO?

AgroGazeta

Frota dos Alimentos Coamo com nova plotagem é apresentado

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)