AgroGazeta

Guia prático sobre montagem do Irrigador Solar está disponível na internet

| 09/10/2017 - 21:40

Guia prático sobre montagem do Irrigador Solar está disponível na internet

Desde que o primeiro protótipo do irrigador solar foi apresentado na 67ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada em julho de 2015, em São Carlos (SP), o físico Washington Luiz de Barros Melo vem implementando melhorias na tecnologia e nos manuais de instrução.
A ação mais recente já está disponível no canal da Embrapa no youtube, é um guia rápido sobre a montagem do irrigador, produzido pelo próprio pesquisador. Publicado no final da tarde do dia 3, o guia explicativo sobre a montagem da tecnologia simples e de baixo custo já foi visualizada mais de 1.200 vezes.
Nesses dois anos, a tecnologia já foi visualizada mais de 84 mil vezes na página da Embrapa na web, além de vários outros endereços, ganhou adaptações na forma de montagem, com a redução de peças para torná-lo mais prático, o manual de instruções foi reeditado algumas vezes, tornou-se atração em feiras e eventos voltados para a agropecuária e ensino, motivou várias oficinas e conquistou adeptos pelo Brasil afora.
Pesquisador da Embrapa Instrumentação (São Carlos – SP), Melo idealizou a produção do vídeo, atuou como roteirista, redator, editor e locutor. Mas teve também o apoio do Núcleo de Comunicação Organizacional do Centro de Pesquisa.
O físico conta que o vídeo foi produzido por blocos para facilitar a edição. “A ideia era produzir uma vídeoaula com todos os detalhes dos passos da montagem, mas para adiantar as informações, optei no momento, por um guia rápido para montar o equipamento. É mais simples e ágil, de fácil compreensão, sem entrar nas particularidades da montagem. Por último, resolvi legendar todas as explicações, pensando na acessibilidade”, diz.
A produção de uma videoaula enfocando os detalhes mínimos da construção do irrigador solar está nos planos do pesquisador. A ação também será publicada na página da Embrapa no youtube em breve.
Tecnologia
O irrigador solar é automático, não usa eletricidade e ainda pode ser feito com materiais reutilizados. O equipamento poderá ajudar de pequenos produtores a jardineiros amadores a manter seus canteiros irrigados automaticamente pelo método de gotejamento. Para isso, utiliza um princípio simples da termodinâmica, a de que o ar se expande quando aquecido.
As vantagens do irrigador caseiro são várias. Trata-se de um sistema automático sem fotocélulas e que não demanda eletricidade, pois depende somente da luz solar, o que torna sua operação extremamente econômica. Ele promove também economia de água, pois utiliza o método de gotejamento para irrigar evitando desperdício do recurso.
A versatilidade do equipamento também é grande. A intensidade do gotejamento pode ser regulada por meio da altura do gotejador e o produtor pode colocar nutrientes ou outros insumos na água do reservatório para otimizar a irrigação.
Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Farelo de soja do Brasil tem preços melhores no mercado internacional

Importações de fertilizantes pelo Brasil caem 25% em janeiro, diz Anda

Com Índia como principal mercado, Paraguai aumentou exportação de óleo de soja em 8,3%

Temer fala em avanços, um dia depois de desistir da reforma da Previdência

Sicredi bate recordes no Show Rural Coopavel 2018

Coamo tem receita global de R$ 11,07 Bi e distribui R$318 mi em sobras aos seus mais de 28 mil assoc

Chuva pode afetar colheita da soja na maior parte do Brasil

Plataforma otimiza uso de recursos hídricos em bacias hidrográficas

Produtores de milho estão com um olho no silo e outro na safrinha

Malásia virá ao Brasil em junho para habilitar plantas frigoríficas, diz ministério

Mais Destaques

Variedades e Gente

Ação Social promove Almoço Italiano

Cidade

Núcleo de Gastronomia se prepara para renovar selo de qualidade

Gente X Poder

Teto baixo ou teto ALTO?

Cultura

AMOP lança projeto cultural para 54 cidades da região

Política

Brasil cai 17 posições em ranking global de corrupção

Geral

Cresce abertura de novas empresas no Brasil

Esporte

ABATOL recebeu cartão Passe Atleta

Economia

Mais de mil contribuintes que aderiram ao Novo Refis estão irregulares

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)