Regional

SÃO PEDRO DO IGUAÇU - Gaeco cumpre mandado de busca e apreensão na prefeitura e em centro de saúde

| 06/10/2017 - 17:15

SÃO PEDRO DO IGUAÇU - Gaeco cumpre mandado de busca e apreensão na prefeitura e em centro de saúde

SÃO PEDRO DO IGUAÇU - Gaeco cumpre mandado de busca e apreensão na prefeitura e em centro de saúde

O Núcleo de Cascavel do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, e a 4ª Promotoria de Justiça de Toledo cumpriram nesta sexta-feira, 6 de outubro, mandado de busca e apreensão na sede da prefeitura de São Pedro do Iguaçu (nos departamentos de Recursos Humanos e de Controle de Frotas da Secretaria de Administração e Planejamento) e no principal centro de saúde daquele município do Oeste paranaense.

A Promotoria de Justiça recebeu denúncias de que servidores públicos lotados nas unidades de saúde não estariam cumprindo a jornada de trabalho, deixando de atender a população, apesar de receberem remuneração integral. Além disso, estaria ocorrendo retirada de bem público do centro de saúde para utilização em finalidade particular.

As denúncias apontam a eventual ocorrência de crime de peculato (art. 312 do Código Penal), com pena prevista de reclusão de 2 a 12 anos. A 4ª Promotoria de Justiça ajuizou o pedido de busca e apreensão para obter elementos necessários para a continuidade do procedimento investigatório criminal, atualmente sigiloso. A ordem de busca e apreensão foi deferida pela 2ª Vara Criminal de Toledo

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Alci Rotta Júnior é o candidato de consenso à presidência da Caciopar

Movimentação planetária na produção rural é tema de curso

Maringá é destaque em Logística Reversa no Paraná

Professores da Rede Municipal participam de formação sobre educação empreendedora

Empresário de Quedas do Iguaçu receberá a comenda Hylo Bresolin

Inscrição de chapas para eleição expira no dia 19

Após reclamação de cidadão ao TCE, Francisco Beltrão revoga edital de R$ 6,6 milhões

Alvará em Assis vence dia 28 de fevereiro

Itaipu e Biolabore renovam parceria para o desenvolvimento rural sustentável

“Dia D Proerd” em Marechal Rondon marcará os 10 anos da Patrulha Escolar

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)