Segurança

PRF participa de audiência pública sobre acidentes rodoviários no Paraná

| 05/10/2017 - 20:00

PRF participa de audiência pública sobre acidentes rodoviários no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), participou, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), de uma audiência pública que discutiu a segurança nas rodovias do Paraná, na quarta-feira (4). Representantes das concessionárias, de órgãos do poder público, polícia rodoviária estadual e polícia civil também estiveram presentes.
Na quarta-feira (4), no Plenarinho da Alep, a PRF, representada pelo Superintendente, Adriano Furtado, participou de uma audiência pública que debateu alternativas para a diminuição dos frequentes acidentes nas rodovias. Participaram do evento a Agência Reguladora do Paraná (Agepar), Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), representantes de concessionárias e parlamentares.
Para Adriano Furtado, a parceria entre a PRF e as concessionárias é um caminho que rende frutos, a exemplo de convênios que se traduzem em aparelhamento policial, apresentando um ambiente de soluções favorável. “A PRF está à disposição de todos para colaborar e trazer as soluções que sejam possível para reduzir, ainda mais, essa realidade do Estado do Paraná”, finalizou.
Ficou definida a formação de uma frente parlamentar específica para tratar do assunto mais amplamente, com reuniões periódicas.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Segurança'

PRF intercepta comboio de 5 carretas com cigarros contrabandeados do PY

Polícia Militar apreende quase 900Kg de maconha e revólver em Foz do Iguaçu (PR)

PRF registra carnaval menos violento dos últimos quatro anos

Policiais Militares apreendem contrabando de veneno

PRF divulga balanço parcial da Operação Carnaval

Veículo de Santa Catarina carregava 63 tabletes de maconha

Brasileiro é detido em apreensão de 541 kg de cocaína em porto do Marrocos

Estelionato

BPFron apreende caixas de cigarros, veículos, embarcações e maconha

PRF lança Operação Carnaval 2018

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)