Política

Temer promete a sindicatos regulamentar o imposto sindical em 15 dias

| 05/10/2017 - 21:20

O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, e dirigentes da Força Sindical deixaram o Palácio do Planalto, nesta terça-feira (3), com a promessa de regulamentação da contribuição assistencial, que abastecerá os cofres dos sindicatos, no prazo de 15 dias.
O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, afirmou, nesta terça-feira (3), que o presidente Michel Temer se comprometeu a enviar ao Congresso Nacional um projeto que regulamenta a Contribuição de Negociação Coletiva em substituição à contribuição sindical.
Segundo a proposta, o valor da contribuição será fixado pela assembleia geral da categoria profissional e será descontado na folha de pagamento da empresa no mês em que for registrada a convenção ou acordo coletivo de trabalho no Ministério do Trabalho.
O desconto será aplicado a todos os trabalhadores, independentemente de sua filiação a sindicatos, desde que a assembleia conte a presença de 10% da categoria.
“Se decidir na assembleia, todos pagam. Como no condomínio onde a gente mora. Simples assim”, afirmou Juruna, após participar da reunião, acrescentando que a medida fortalece a negociação.
Segundo Juruna, os representantes da Força alegaram, durante a reunião, que milhares de trabalhadores estão às vésperas de suas convenções coletivas e seria urgente a regulamentação da contribuição.
Ainda segundo Juruna, todas as centrais sindicais concordam com a necessidade do debate sobre a contribuição assistencial. Paulinho afirma que o desenho final da contribuição deverá estar formatado até a semana que vem.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Política'

Qual sua opinião sobre o Estatuto do Desarmamento?

Basquetebol masculino sub 14 de Toledo disputa o Campeonato Paranaense em Ponta Grossa

MPF acusa filho de Sérgio Cabral de improbidade por visitas irregulares

Após MPF pedir seu afastamento, Ricardo Barros diz contrariar grandes interesses

PF faz buscas em gabinete de deputado Lúcio Vieira Lima na Câmara

Vídeos de Funaro não atrapalham tramitação de denúncia contra Temer

Temer prepara carta de defesa a parlamentares e diz acreditar em conspiração para derrubá-lo

Senado muda Lei Maria da Penha e organizações pedem que Temer vete a proposta

Exército deve combater crimes cibernéticos nas próximas eleições

Um dia após propina delatada pela JBS, Temer comprou dois terrenos em condomínio de luxo

Mais Destaques
"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)