Cultura

Escritora lança livro e beneficia projeto social “Artistas do Nada”

| 12/09/2017 - 21:30

O “Projeto Artistas do Nada” é uma iniciativa da Comunidade Terapêutica Beitt Abba, que significa Casa do Pai, em hebraico, e está localizada na saída para Ouro Verde do Oeste, em uma área cedida pela prefeitura de Toledo. O objetivo do trabalho é promover tratamento e atuar na reabilitação de dependentes químicos e alcoólatras, por meio de linguagens artísticas das quais os acolhidos pela entidade podem se apropriar. Para ajudar na manutenção desse projeto sócio-cultural, a assistente social e escritora Sônia Aparecida Marta irá lançar o livro “Vivendo e Aprendendo Amar”. Os recursos obtidos com a venda de seus exemplares serão revertidos para o custeio da iniciativa, que utiliza poesia, música, teatro, artesanato e outras manifestações artísticas, para recuperar os acolhidos dos vícios que lhes abateram.
O livro
De acordo com a autora, o livro é um desafio para o fortalecimento de relacionamentos familiares e afetivos. Estratégias para construir e resgatar o casamento e os propósitos de vida em família são abordados na obra, que é terceira publicação da escritora.
Sônia relata que o livro traz estratégias e exercícios práticos de reflexão e de trabalho com casais e com famílias. “A experiência para realizar esse livro é resultado de trinta anos de trabalho com casais e relacionamento familiar. Todas as dinâmicas e reflexões que apresentamos vêm dessas experiências, advindas do tratamento dos comportamentos e das emoções”, explica.
A assistente social revela que o papel da família tem sido questionado o tempo todo, mas que nem sempre a família e o casamento recebem o investimento necessário para que seja saudável e colabore com a qualidade de vida e para com a harmonia da sociedade. “Muitas vezes ficamos desapercebidos e não conseguimos dimensionar a fortaleza que é um relacionamento curado e livre de influências negativas. Cuidar das famílias é uma missão de todos na comunidade. Encontrar ferramentas para isso é um investimento que frutifica e que traz grandes ações construtivas”, afirma.
Estratégia
Para a autora o ambiente familiar é um grande laboratório social. “Dentro dos relacionamentos mais próximos é que as mais complexas situações nascem. Não trago uma receita pronta, mas uma estratégia comprovada de tratamento e prevenção contra as situações que podem gerar finais trágicos para histórias que poderiam ser um grande caso de sucessos e felicidade.
Sobre a autora
Sônia Aparecida Marta é psicopedagoga, assistente social e fundadora da Comunidade Terapêutica Beit Abba, para dependência de álcool e outras drogas. Morou no Chile e nos últimos seis anos dedica-se exclusivamente aos trabalhos da Comunidade. Consta em seu currículo a autoria de outros dois livros.
Artistas do Nada
O lançamento oficial da obra “Vivendo e Aprendendo Amar” será no dia 23 de setembro, às 19h30, no Centro Cultural Ondy Hélio Niederauer. Na ocasião será lançado concomitantemente o projeto “Artistas do Nada”, que será financiado pela venda dos livros. A iniciativa pretende oportunizar que os acolhidos na entidade que tenham talentos artísticos possam lançar suas propostas e produzir cultura. “Recebemos pessoas com talentos incríveis, seja para a escrita, música, dança, teatro e outras iniciativas. Esse processo é importante na reconstrução da identidade e na inserção em projetos saudáveis dentro das comunidades”, finaliza.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Os livros trazem boas notícias para a cultura

A tecnologia a favor da cultura

Cultura contribui mais do que recebe do Estado

Homenagem a Oscar Silva relembra o primeiro livro de Toledo

Lançada campanha “Cultura gera futuro”

Há cinquenta anos era lançado o primeiro livro em Toledo

Dia Mundial do Compositor

Oscar Silva: Primeiro livro de Toledo foi lançado há 50 anos

A arte nas encruzilhadas da vida

Dia de festa para um dos maiores nomes de nossa música

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)