Economia

Alta dos combustíveis puxa inflação oficial em agosto

| 06/09/2017 - 22:00

A alta no preço dos combustíveis de 6,67% em agosto foi a principal responsável pela variação da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mês. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a gasolina teve aumento de 7,19% e o etanol, de 5,71% no período.
Os transportes, aliás, foram o grupo de despesas com maior inflação (1,53%) e maior impacto na inflação de agosto. Outro grupo de despesas com alta de preços importante foi habitação, com inflação de 0,57%. Entre os itens que tiveram aumento de preços em agosto estão a energia elétrica residencial (1,97%) e a taxa de água e esgoto (1,78%).
Alimentos
Por outro lado, o grupo de despesas alimentação e bebidas teve deflação (queda de preços) de 1,07% no mês e contribuiu para frear a inflação. A alimentação em casa ficou 1,84% mais barata, apesar do aumento do custo da refeição fora de casa (0,35%).
Entre os alimentos com as maiores quedas de preços estão o feijão-carioca (-14,86%), tomate (-13,85%), feijão-preto (-6,36%), açúcar cristal (-5,90%), alho (-5,83%), leite longa vida (-4,26%) e hortaliças (-3,68%).
Fonte: Agência Brasil
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Déficit da Previdência equivale a 2,8% do PIB

FMI eleva projeção de crescimento global em 2018 e 2019

Febraban estuda ações para reduzir juros do cheque especial

Petrobras aprova revisão de política de preços do GLP residencial

Inflação do aluguel acumula queda de 0,34% em 12 meses

Cai percepção de piora da economia entre comerciantes

Aumenta a oferta de emprego na indústria brasileira, diz CNI

Ibovespa rompe 80 mil pontos pela 1ª vez na história

Confiança do consumidor marca 40,9 pontos em dezembro e fecha 2017 apontando estabilidade

Petrobras e Total avançam em aliança de US$ 1,95 bilhão

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)