AgroGazeta

Coamo recebe troféu “A Granja do Ano”, no RS

| 31/08/2017 - 22:00

Troféu “A Granja do Ano 2017”, como destaque no setor Cooperativismo. Este é o prêmio que a Coamo recebeu na noite de terça-feira (29) em evento promovido pela revista A Granja, no auditório da Farsul - Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul, em Esteio, por ocasião da Expointer - Exposição Internacional de Animais (Expointer).
A Coamo foi representada pelo diretor-vice-presidente Claudio Francisco Bianchi Rizzatto que comemora este reconhecimento da sociedade empresarial por meio da conceituada revista A Granja, publicação com mais de 70 anos de circulação no jornalismo agropecuário.
A premiação está em sua 32ª edição e é a mais tradicional na agropecuária brasileira, ao definir as pessoas, empresas, entidades ou instituições mais destacadas nos 30 mais relevantes segmentos ligados direta ou indiretamente à agropecuária brasileira. Os eleitos são definidos por meio de votação dos assinantes e leitores da revista, por meio de um cupom encartado na publicação e também podem se manifestar pelo site. Na imagem, a entrega da premiação em 2016, na
Expointer na cidade de Esteio.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Biolabore leva curso a São José das Palmeiras

Frota dos Alimentos Coamo com nova plotagem é apresentado

Importações de fertilizantes pelo Brasil caem 25% em janeiro, diz Anda

Com Índia como principal mercado, Paraguai aumentou exportação de óleo de soja em 8,3%

Temer fala em avanços, um dia depois de desistir da reforma da Previdência

Farelo de soja do Brasil tem preços melhores no mercado internacional

Sicredi bate recordes no Show Rural Coopavel 2018

Coamo tem receita global de R$ 11,07 Bi e distribui R$318 mi em sobras aos seus mais de 28 mil assoc

Chuva pode afetar colheita da soja na maior parte do Brasil

Plataforma otimiza uso de recursos hídricos em bacias hidrográficas

Mais Destaques

Política

PF cumpre sete mandados de prisão na 48ª fase Lava Jato; sede do governo do Paraná é alvo de busca

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)