Cidade

SRI quer mais políticas públicas voltadas à inovação no Oeste do Paraná

| 21/08/2017 - 21:30

SRI quer mais políticas públicas voltadas à inovação no Oeste do Paraná

Os integrantes do Sistema Regional de Inovação (SRI), do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), cumpriram uma pauta de discussões voltada ao andamento dos trabalhos que visam fomentar o processo de cooperação entre o setor produtivo, público, de pesquisa e a sociedade, com vistas à potencialização da inovação. Organizado em grupos de trabalhos, o SRI avança em diversas frentes.
A última reunião contou a apresentação de modelo na área de educação da Faculdade União das Américas (Uniamérica), participação institucional do SRI em eventos relacionados ao Ecossistema de Inovação e apresentação do avanço das ações dos grupos de trabalho para cumprir metas em cinco áreas específicas.
Grupos de Trabalho
O envolvimento e cooperação com instituições de ensino, acesso a recursos para investimento em inovações, a concepção dos chamados habitats, com reunião de parques tecnológicos, extrato de instituições cadastradas na plataforma virtual do programa, são alguns dos temas que estão em andamento.
Outros dois grupos se dedicam aos levantamentos e constatações na área da educação com capacitação de servidores públicos para trabalhar a temática de inovação, além de estudo para elaboração de políticas públicas, como, por exemplo, a elaboração de leis de inovação em âmbito municipal.
Integração
Dentre as entidades que participam do SRI está a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT). Para o presidente, Roberto Carpes, a contextualização e constatações regionais são formas de desenvolver o setor em diferentes âmbitos.
O consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Augusto Cesar Stein, ressalta que, alguns assuntos em pauta, ampliam a visibilidade do SRI, caso do prêmio de inovação que será lançado no Fórum do Programa Oeste em Desenvolvimento, dia 04 de outubro.
Eventos
O Sistema Regional de Inovação também deve participar da Feira de Máquinas, Automação e Indústria (Femai-Innovacities), que em 2017 tem como tema ‘Inovar Conceitos:Expandir Negócios’. O evento ocorrerá de 20 a 22 de setembro, em Toledo. A participação será conjunta à Câmara Técnica de Máquinas e Implementos Agrícolas.
O desenvolvimento da pauta proposta na última reunião mostra que houve aprofundamento e avanços importantes nos assuntos que estão sendo trabalhados pelos grupos. Os integrantes do Sistema Regional de Inovação (SRI), do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), cumpriram uma pauta de discussões voltada ao andamento dos trabalhos que visam fomentar o processo de cooperação entre o setor produtivo, público, de pesquisa e a sociedade, com vistas à potencialização da inovação. Organizado em grupos de trabalhos, o SRI avança em diversas frentes.
A última reunião contou a apresentação de modelo na área de educação da Faculdade União das Américas (Uniamérica), participação institucional do SRI em eventos relacionados ao Ecossistema de Inovação e apresentação do avanço das ações dos grupos de trabalho para cumprir metas em cinco áreas específicas.
Integração
Dentre as entidades que participam do SRI está a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação do Oeste do Paraná (Iguassu-IT). Para o presidente, Roberto Carpes, a contextualização e constatações regionais são formas de desenvolver o setor em diferentes âmbitos.
O consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Augusto Cesar Stein, ressalta que, alguns assuntos em pauta, ampliam a visibilidade do SRI, caso do prêmio de inovação que será lançado no Fórum do Programa Oeste em Desenvolvimento, dia 04 de outubro.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Cota única da parcela do IPTU deve ser paga até dia 12 de março

Nova coordenadora assume Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária

Certi Pioneiro retorna com atividades nesta sexta-feira

CNMP apresenta proposta para ocupantes de cargo em comissão no MP

Núcleo de Gastronomia se prepara para renovar selo de qualidade

Paraná altera base de cálculo do ICMS de medicamentos

Saúde realiza audiência pública quadrimestral para prestação de contas

Convênio oferta atividades em contraturno escolar na rede municipal

Inscrições para vagas de curso sobre Inovação encerram dia 11/03/18

Radar portátil passa por aferição do Inmetro

Mais Destaques

AgroGazeta

Frota dos Alimentos Coamo com nova plotagem é apresentado

Geral

Cresce abertura de novas empresas no Brasil

Variedades e Gente

Ação Social promove Almoço Italiano

Economia

Mais de mil contribuintes que aderiram ao Novo Refis estão irregulares

Política

Brasil cai 17 posições em ranking global de corrupção

Gente X Poder

Teto baixo ou teto ALTO?

Regional

Projeto-piloto da Caciopar dá novo impulso a SPCs de cidades do Oeste

Cultura

AMOP lança projeto cultural para 54 cidades da região

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)