Geral

Comissão da Câmara mantém custeio público de 3,6 bilhões para campanhas

| 10/08/2017 - 21:30

Os membros da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o parecer à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-eleitoral, rejeitaram ontem (10) destaque que derrubava a proposta de criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia.
A sugestão da forma de financiamento público está no projeto substitutivo apresentado pelo relator da reforma política na Câmara, Vicente Cândido (PT-SP), e foi mantida por 20 votos a 4.
As mudanças feitas pela comissão ainda precisam ser apreciadas em plenário e devem ser analisadas também pelo Senado.
Pelo parecer do relator, o fundo será composto por recursos do orçamento federal, que devem ser destinados aos partidos para custeio de campanhas eleitorais para os cargos de presidente da República, governador, prefeito, deputados federal, estadual e distrital e vereador.
O valor corresponderá a 0,5% da receita corrente líquida fechada nos 12 meses encerrados em junho do ano anterior ao pleito. Em 2018, o montante é equivalente a R$ 3,6 bilhões, em valores de hoje.
O fundo será administrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsável pela distribuição dos recursos aos partidos. Em paralelo, continuará valendo o Fundo Partidário, que permanece com basicamente as mesmas regras de hoje.
Os deputados ainda devem votar cinco destaques ou sugestões de mudanças ao texto-base do relatório aprovado na quarta-feira (9) na comissão especial. Um dos destaques propõe a adoção sistema majoritário, o chamado distritão, para todas as eleições proporcionais a partir do ano que vem.
Na quarta-feira, os deputados aprovaram um destaque que prevê a aplicação deste modelo apenas nas eleições de 2018 e 2020, e o sistema distrital misto a partir de 2022.
A PEC 77/03 é uma das propostas que compõem o conjunto da reforma política que tramita na Congresso Nacional. Atualmente, estão em funcionamento na Câmara três comissões especiais com diferentes projetos que alteram o sistema político-eleitoral brasileiro.
Coligações partidárias
Em outra comissão especial, os deputados analisam a PEC 282/16, que veda coligações nas eleições proporcionais, disciplina a autonomia dos partidos políticos e estabelece normas sobre fidelidade partidária e funcionamento parlamentar das legendas.
A relatora desta PEC é a deputada Shéridan (PSDB-RR), que apresentou ontem seu parecer à comissão especial. Shéridan posicionou-se de forma favorável à formação da chamada federação de partidos com o mesmo programa ideológico no lugar das coligações partidárias que vigoram atualmente.
Como foi feito um pedido de mais tempo para análise, o relatório será discutido e votado a partir da próxima semana.
Fonte EBC
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Geral'

Debate nas redes sobre criminalidade aponta naturalização do medo

Acit estágios e currículos integra evento Pig Data 2017

Centro de Toledo tem 66 pontos de venda de cartões do EstaR

Sanidade animal é pilar de produtividade no campo

Febre aftosa: Paraná se prepara para requerer suspensão da vacinação

Margarinas e óleo de soja COAMO em destaque no Brasil

Camp de Ecoinovação Agrotech chega ao final

Toledo é a terceira cidade mais exposta aos agrotóxicos no estado do Paraná

Especialista aponta o que é preciso considerar para ter uma carreira com realização

PIB cai 0,24% no segundo trimestre, diz pesquisa da FGV

Mais Destaques

Esporte

Atletas da Sadia participam de treino controle na Bulgária para o Mundial de Pesaro

Economia

Governo não inclui Itaipu e Eletronuclear na desestatização da Eletrobras

Cidade

Alunos e familiares do Florir Toledo aprendem decoupage

Cultura

Empreendedores culturais recebem atenção dos governos estadual e federal

"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)