AgroGazeta

Programa de qualificação de viveiristas alavanca produção nacional de mudas de videira

| 10/08/2017 - 21:50

Programa de qualificação de viveiristas alavanca produção nacional de mudas de videira

Ações previstas no Programa Mudas de Qualidade, coordenado pela Embrapa, resultaram em aumento de 22% de vinhedos formados a partir de mudas comerciais desde 2012 quando foi iniciado no Sul do Brasil. No mesmo período, observou-se redução nas importações de mudas em 9%. Além disso, o Cadastro Vitícola registrou pela primeira vez, desde o início dos levantamentos, decréscimo de 13% da produção de mudas na propriedade e do plantio de mudas em pé-franco (quando o produtor não utiliza porta-enxerto e apenas planta a variedade copa retirada das plantas do próprio vinhedo).
Apenas no Rio Grande do Sul, maior estado produtor de uvas, a comercialização dos cinco viveiristas acompanhados pelo programa triplicou desde 2012 e, este ano, eles somaram mais de um milhão de mudas produzidas. “Cabe destacar que a renovação de vinhedos e a formação de novas áreas é um processo lento na fruticultura, porém os dados já apontam uma sensível melhora de indicadores estagnados há anos,” conta Daniel Grohs, engenheiro-agrônomo da Embrapa Uva e Vinho (RS) à frente do Programa Mudas de Qualidade, que reúne instituições públicas e privadas. Ele também ressalta que a redução das importações é um indicador relevante, pois mostra que especialmente o setor vinícola está valorizando a tecnologia nacional.
Isso foi possível graças ao protocolo de produção estabelecido pelo programa que resultou em mudas de qualidade superior. Para apoiar sua adoção, uma ampla rede de transferência foi utilizada para sensibilizar produtores sobre os benefícios do plantio de mudas obtidas nos viveiros credenciados pelo programa. As recomendações técnicas subsidiaram a elaboração de um padrão que está sendo regulamentado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o setor. O sucesso da estratégia fez aumentar o número de viveiros credenciados, que já são dez no Brasil, e, apenas no Rio Grande do Sul, promoveu aumento de 6% ao ano na comercialização de mudas, desde a implantação do programa.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Suíno Vivo: movimento de alta é interrompido e preços estão estáveis

Estudo afirma que agropecuária e indústria irão liderar retomada da economia

Frango Vivo: altas no PR e SP

Pesquisa identifica extratos naturais contra nematoides

Brasileiros vão à Bélgica representar para debater agricultura e segurança alimentar

Cenário de preços mais firmes para o milho

Proprietários recebem alertas para complementar o CAR

Melhores e Maiores 2017: Coamo é a 42ª maior empresa do Brasil

Santa Catarina adota vazio sanitário e data limite de semeadura da soja

Dezessete países são afetados por escândalo dos ovos contaminados

Mais Destaques

Política

Eunício afirma que salário mínimo terá pelo menos a correção da inflação

Esporte

Sadia participa de Brasileiro Juvenil e Pré-Infantil de GR

Cidade

Núcleo de Marcenarias discute criação de Selo de Qualidade

"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)