Economia

Mercado piora contas e vê rombo primário extrapolando meta em 2017 e 2018

| 10/08/2017 - 21:50

Mercado piora contas e vê rombo primário extrapolando meta em 2017 e 2018

O mercado passou a ver rombos primários maiores para o governo central (governo federal, Previdência Social e Banco Central) tanto neste ano quanto no ano que vem, extrapolando em ambos os casos as metas definidas pelo governo, conforme relatório Prisma Fiscal divulgado pelo Ministério da Fazenda nesta quinta-feira.
A nova projeção para 2017, feita a partir de dados coletados até o início de agosto, é de um déficit primário de 154,841 bilhões de reais, contra 145,268 bilhões de reais vistos antes, e bem acima da meta oficial de déficit de 139 bilhões de reais.
Para 2018, ainda segundo o Prisma Fiscal, a expectativa dos analistas para o rombo subiu a 130,528 bilhões de reais, contra 129 bilhões de reais anteriormente, cifra que correspondia exatamente à meta estabelecida para o ano que vem.
Os dados ressaltam a visão do mercado, já consolidada há tempos pelo menos para 2017, da impossibilidade de atingimento do alvo fiscal em meio à queda na arrecadação e alta nas despesas totais. Nesta quinta-feira, o presidente Michel Temer se reúne com ministros da área econômica e com líderes partidários para redefinição do rombo, que poderá ser alargado para comportar frustração de receitas.
Em relação à trajetória da dívida bruta, cuja estabilização deverá ser novamente adiada diante dos desafios fiscais, economistas pioraram suas contas para este ano a 75,90 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), contra 75,60 por cento antes.
Já para 2017, a expectativa subiu a 79,06 por cento do PIB, sobre 78,67 por cento antes.
Fonte: Reuters
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Projeto Indústria 2027 mapeia disrupção em curso na indústria brasileira

Vendas do comércio varejista caem 0,5%, mas acumulam alta de 0,7% no ano

Diretor-presidente do Tecpar debate orçamento de CT&I na Câmara dos Deputados

Indicador antecedente de emprego tem maior nível da série em setembro

Petrobras eleva em 12,9% preço do gás de cozinha; reajuste entra em vigor amanhã

Metade dos trabalhadores brasileiros está afundado em dívidas

Planalto gastará até R$ 1,8 milhão com uniformes da equipe de segurança de Temer

Herdeiros podem sacar PIS/Pasep de cotistas falecidos em qualquer data

Produção de veículos cai em setembro, mas apresenta alta no acumulado do ano

Apontamentos sobre crise e reação da economia Paranaense

Mais Destaques

Regional

Conferência Internacional de Energias Inteligentes começa na quarta-feira (18)

AgroGazeta

Concurso seleciona cafés especiais produzidos por mulheres do Norte Pioneiro

Cidade

Uma avaliação preocupante da Expo Toledo

Cultura

“Curta Toledo” é lançado oficialmente e sorteia temas para os participantes

Artigos

Ausência de grandes empresas na Expo Toledo merece respostas

"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)