Cidade

Campanha Legal distribui recursos arrecadados em 2016

| 10/08/2017 - 20:10

Campanha Legal distribui recursos arrecadados em 2016

Para a assinatura dos termos de fomento da Campanha Legal – Pacto pela Criança, edição 2016, parceiros, contabilistas e entidades beneficiadas reuniram-se na quarta-feira (09), na Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT), apoiadora do projeto.
O objetivo da Campanha, criada em 2003, é destinar parte do Imposto de Renda (IR) das pessoas físicas e pessoas jurídicas para entidades não-governamentais do município, a fim de que utilizem os recursos para execução de projetos e mantimento de atividades diárias com crianças e adolescentes.
A edição 2016 da Campanha Legal arrecadou R$ 801.313,02. Na ocasião, as seis entidades beneficiadas: Ação Social São Vicente de Paulo, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos, Casa de Maria, Centro Beneficente de Educação Infantil Ledi MAAS e Centro Social Aldeia Infantil Betesda, foram contempladas com os recursos, rateados conforme a necessidade de cada uma.
A promotora de Justiça do Ministério Público, Katia Krüger reforça o trabalho da classe contabilista na execução da Campanha. “Uma ponte entre as crianças e os contribuintes que destinam parte de seus impostos. Uma força tarefa essencial e que sem o apoio não conseguiríamos tais resultados”, frisa.
O presidente da Acit, Flávio Furlan, ressalta a importância da Campanha Legal para o município de Toledo. “Temos imenso orgulho em fazer parte deste projeto. Certamente os recursos fazem grande diferença dentro das entidades beneficiadas, que ajudam a desenvolver nosso município. De fato, temos que pensar mais no próximo; com cada um fazendo sua parte conseguimos êxito em nossas ações.”
Para o prefeito municipal, Lucio de Marchi, a Campanha está evoluindo a cada ano. “Me lembro da dificuldade que tínhamos com essa arrecadação, anterior a 2003. Agora, o auxílio tem aumentado anualmente, com espera de números muito maiores. Vemos o quanto os
recursos são válidos a nossas entidades, que fazem muito por nosso município, com foco no desenvolvimento de nossas crianças.”
Para ajudar na Campanha, é possível destinar anualmente 6% do Imposto de Renda pessoa física e 1% da pessoa jurídica para programas de amparo à criança e ao adolescente.
ENTIDADES
Todas as entidades beneficiadas contam com o registro regularizado junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, sendo considerado ainda, os efetivos atendimentos realizados por meios das políticas públicas, nas áreas de assistência social, saúde e educação.
Portanto, o valor de R$ 801.313,02, arrecadado na Campanha Legal 2016, beneficiará com R$ 228.739,76 a Ação Social São Vicente de Paulo; R$ 75.281,44 a Associação de pais e amigos dos Excepcionais; R$ 20.991,94 à Associação de pais e amigos dos deficientes auditivos; R$ 289.544, 00 para a Casa de Maria; R$ 99.892,68 ao Centro Beneficente de Educação Infantil Ledi MAAS e R$ 86.863,20 ao Centro Social Aldeia Infantil Betesda.
REALIZAÇÃO
A Campanha Legal é realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e tem o apoio da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT), Prefeitura, Câmara Municipal, Ministério Público, Associação dos Contabilistas de Toledo, Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (SESCAP-PR), Conselho Regional de Contabilidade (CRC/PR), Associação Toledana de Imprensa (ATI), Sicoob Meridional e Uniprime
Pioneira.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Acit recebe visita de comitiva da Unioeste

Cota única da parcela do IPTU deve ser paga até dia 12 de março

Nova coordenadora assume Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária

Certi Pioneiro retorna com atividades nesta sexta-feira

CNMP apresenta proposta para ocupantes de cargo em comissão no MP

Núcleo de Gastronomia se prepara para renovar selo de qualidade

Paraná altera base de cálculo do ICMS de medicamentos

Saúde realiza audiência pública quadrimestral para prestação de contas

Convênio oferta atividades em contraturno escolar na rede municipal

Inscrições para vagas de curso sobre Inovação encerram dia 11/03/18

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)