Política

10 deputados do Paraná são suspeitos de “farra das passagens”

| 09/08/2017 - 20:30

A Procuradoria da República no Distrito Federal ratificou 28 ações penais contra 72 ex-deputados federais acusados de peculato pelo suposto uso verbas da Câmara dos Deputados, destinada à cota de passagens aéreas, para interesses particulares, como o transporte de parentes e centenas de viagens de turismo no Brasil e no exterior.
Em novembro do ano passado, a procuradoria apresentou 52 denúncias com 443 ex-deputados, mas ao analisar o caso novamente, percebeu que houve prescrição da pretensão punitiva, além do desmembramento das investigações policias sobre o caso. A investigações continuam contra 52 ex-parlamentares.
As denúncias, encaminhadas à Justiça, dizem respeito a bilhetes emitidos entre 2007 e 2009, quando foi revelado pelo site Congresso em Foco a utilização indevida da verba para passagens aéreas por parlamentares no escândalo que ficou conhecido como “farra das passagens”. A PGR decidiu apurar o suposto envolvimento de 199 políticos com ‘farra das passagens’, entre eles estão 11 deputados do Paraná: Alex Canziani Silveira, Assis Miguel do Couto, Dilceu João Sperafico, Fernando Lúcio Giacobo, Hermes Parcianello, Hidekazu Takayama, Jacob Alfredo Stoffels Kaefer, Luiz Carlos Jorge Hauly, Nelson Meurer, Osmar José Serraglio, Ricardo José Magalhães Barros, Ministro de Estado da saúde.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Política'

Investigação revela exército de perfis falsos usados para influenciar eleições no Brasil

Reforma da Previdência deve ser votada no Senado em fevereiro, diz Temer

Bancada da Bala, Boi e Bíblia impõe ano de retrocesso para mulheres e indígenas

PGR sugere que corruptos paguem indenização equivalente a danos causados

Maia admite dificuldade em obter votos para aprovar Previdência

Novo portal do Congresso dá mais transparência à atuação do Parlamento

Tiririca faz primeiro discurso na Câmara para dizer que está ‘abandonando a vida pública’

Os argumentos de quem vê catástrofe sem Reforma da Previdência

Reforma da Previdência não deve ficar para o próximo presidente

MPF: 70% de casos de autoridades que tramitam no STF e STJ são por corrupção

Mais Destaques

Gente X Poder

Abuso de poder pode cassar vereador em Toledo

Cultura

Conferência aprova propostas para a cultura e aclama os novos conselheiros

Variedades e Gente

Saiba em quais profissões apostar em 2018

Cidade

Empresária acusa o Vereador Airton Paula (Savelo), (PTB) de ameaçar fechar sua empresa, se prevalece

Regional

Santa Terezinha de Itaipu vai capacitar catadores de resíduos

"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)