Cultura

Fafá de Belém comemora 61 anos

| 08/08/2017 - 21:30

Fafá de Belém comemora 61 anos

Nascida Maria de Fátima Palha de Figueiredo em Belém (PA) no dia 9 de agosto de 1956, Fafá de Belém é uma cantora, compositora e atriz brasileira. Fafá ganhou reconhecimento nacional quando em 1975 a música “Filho da Bahia”, cantada por ela, foi introduzida na trilha sonora da telenovela Gabriela.
Filha de Joaquim de Figueiredo (Seu Fefê) e de Eneida Palha, que vem de uma família de políticos da região, Fafá pertencia a uma família de classe média alta da capital paraense e desde a infância destacava-se nas reuniões familiares com a voz afinada. Na adolescência já gostava de música e, em parceria com amigos, fez alguns espetáculos em bares e casas noturnas, fugindo de casa para realizar tal fato.
Em 1973 conheceu o baiano Roberto Santana, produtor do grupo Quinteto Violado, que a aconselhou a investir na carreira fonográfica. Incentivada por este, apresentou-se em alguns lugares como Rio de Janeiro, Salvador e em Belém. Nesse mesmo ano, estreou como cantora profissional no musical “Tem muita goma no meu tacacá”, que satirizou o cenário político da época. Em 1975 estourou nas rádios e a música “Filho da Bahia” também originou um videoclipe no programa “Fantástico”. Na mesma época lançou o primeiro compacto, que continha as músicas Naturalmente (de Caetano Veloso e João Donato) e Emoriô (de Gilberto Gil e João Donato). O primeiro disco, “Tamba-Tajá”, foi lançado em 1976 e mostrou um repertório eclético com músicas de raízes nortistas, como os forrós “Haragana” e “Xamego” e o carimbo “Este rio é minha rua”.
O segundo disco, “Água”, de 1977, vendeu mais de 100 mil cópias e consagrou a cantora nacionalmente com sucessos como “Ontem ao luar”, “Raça”, “Sedução”, “Foi assim” e “Pauapixuna”. Em 1979 lançou um de seus maiores sucessos, “Sob medida”, composta por Chico Buarque. A música integrou o repertório de um dos discos considerados melhores em sua carreira, o eclético “Estrela radiante”, onde se alternou entre canções regionais e urbanas.
Fafá de Belém é uma artista consagrada e reconhecida tanto no Brasil como no estrangeiro, em especial, Portugal, onde tem imensa popularidade. Aclamada e querida pelos portugueses, que a consideram um ícone e uma verdadeira embaixadora de música brasileira, chamando-a de “A Cantora Brasileira mais Portuguesa do Brasil”.
Como as cantoras de sua geração, foi fortemente influenciada por cantores consagrados da MPB como Maysa, Roberto Carlos, Cauby Peixoto e os grupos Jovem Guarda e Beatles, ouvindo-os com entusiasmo, além de outros gêneros, como jazz, música clássica, e os grandes ídolos do rádio.
Que nesta quarta-feira Fafá de Belém possa comemorar seus 61 anos com muita saúde. Parabéns!
Fernando Baldi Braga
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Conferência aprova propostas para a cultura e aclama os novos conselheiros

Por que ela

Dica da Livraria Saber

Mais um passo dado para fortalecer a cultura em Toledo

Sarau Arte Livre une arte e solidariedade

Atrações estão sendo confirmadas para a Virada Cultural

Escola ArteMúsica promove Sarau Arte Livre

Livraria Saber e suas opções variadas de artigos e presentes

Lançados volumes da trilogia do Dr. Avelino Campagnolo

Inscrições abertas para Circuito SESI Cultura 2018

Mais Destaques

Regional

Santa Terezinha de Itaipu vai capacitar catadores de resíduos

Gente X Poder

Abuso de poder pode cassar vereador em Toledo

Variedades e Gente

Saiba em quais profissões apostar em 2018

Cidade

Empresária acusa o Vereador Airton Paula (Savelo), (PTB) de ameaçar fechar sua empresa, se prevalece

"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)