AgroGazeta

Emater planeja ações na área de avanço social para ano agrícola 2017-2018

| 08/08/2017 - 22:00

Emater planeja ações na área de avanço social para ano agrícola 2017-2018

Cerca de 40 profissionais da Emater que atuam na área de Desenvolvimento Social nas várias regiões do Estado estiveram reunidos em Curitiba, 2 e 3 de agosto, para discutir o planejamento das ações a serem realizadas neste novo ano agrícola –2017/2018. O trabalho foi orientado pela coordenadora da área de Cidadania e Renda Rural, Miriam Fuckner, e pelo gerente estadual Desenvolvimento Rural, Inclusão Social e Serviços, Sérgio Guarienti.
Segundo Mirian, uma das novidades no planejamento será o Programa de Fomento às Atividades Rurais que a Emater vai executar para a Secretaria Especial de Desenvolvimento Agrário, do Governo Federal. O Termo de cooperação para a realização deste trabalho foi assinado no último 23 de julho e prevê o atendimento à 1,3 mil famílias, em 50 municípios paranaenses.
Mirian explica que o novo planejamento prevê, ainda, o reforço das ações do programa Renda Agricultor, executado em parceria com a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social. “E devemos manter a atenção com iniciativas que apoiam e orientam a produção de alimentos para auto-consumo, com a venda dos excedentes; que buscam a segurança alimentar e nutricional; que facilitam o acesso das famílias aos benefícios de políticas públicas, como o Programa Nacional de Habitação Rural, PNAE e PAA; e assessoria aos conselhos municipais de desenvolvimento rural e de segurança alimentar e nutricional”.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Sicredi bate recordes no Show Rural Coopavel 2018

Coamo tem receita global de R$ 11,07 Bi e distribui R$318 mi em sobras aos seus mais de 28 mil assoc

Chuva pode afetar colheita da soja na maior parte do Brasil

Plataforma otimiza uso de recursos hídricos em bacias hidrográficas

Demanda interna fraca e queda nas exportações de carne suína

Produtores de milho estão com um olho no silo e outro na safrinha

Malásia virá ao Brasil em junho para habilitar plantas frigoríficas, diz ministério

Encontro de verão reúniu cooperados de toda área de ação da Coamo

Agroindústrias de Cascavel receberam selo de origem familiar

Arábia saudita e China reaquecem compras e elevam exportação

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)