Cultura

Para comemorar o Dia nacional do Vinho conheça as cidades que fazem parte da rota

| 26/05/2017 - 21:50

Para comemorar o Dia nacional do Vinho conheça as cidades que fazem parte da rota

A localização privilegiada do Vale dos Vinhedos permite que o viajante conheça em uma única viagem três das cidades gaúchas que se destacam entre as mais charmosas do estado. O Vale compreende o território limitado pelo triângulo formado pelas cidades Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi. Cada uma oferece particularidades especiais ao viajante, sendo todas igualmente imperdíveis.
Dezenas de vinícolas fazem parte da região onde pequenos e grandes produtores proporcionam roteiros incansáveis, carregados de charme e de belezas únicas. São dezenas de endereços, que fica difícil conhecer todos os espaços em uma viagem muito curta.Para quem tem pouco tempo, a dica é se concentrar nas vinícolas de apenas uma cidade e então voltar para a casa. Quem puder ficar mais de um dia pode e deve dividir os dias por lá para visitar de duas a três vinícolas de cada uma das cidades. Entre as mais famosas, o destaque fica por conta da Casa Valduga, Don Laurindo, Cave de Pedra e Miolo.
E para conseguir mais informações, para um roteiro completo, a dica é acessar o site oficial do Vale dos Vinhedos, onde há uma relação de todos os estabelecimentos encontrados na região.Além do roteiro enológico, que passa pelas mais de 30 vinícolas do Vale dos Vinhedos, a região conta com duas outras rotas pensadas especialmente no visitante: a cultural e a gastronômica.
Na primeira, como o nome sugere, a ideia é conhecer melhor os aspectos culturais que moldaram os costumes e as tradições ainda mantidas nas cidades que compõem o Vale. As festas comemorativas, as lojas de artesanato e espaços como Memorial do Vinho fazem parte do roteiro cultural.
A rota gastronômica, por sua vez, é o toque final perfeito para os passeios feitos para desbravar o Vale. Restaurantes, bistrôs e casas coloniais acolhem os viajantes com mesa farta, sempre prontos para proporcionar uma experiência capaz de agradar até mesmo quem tem um paladar exigente.Para chegar até o Vale dos Vinhedos, a melhor maneira é alugar um carro em Porto Alegre e então percorrer livremente suas ruas, vinícolas e cidades.
Com um automóvel à sua inteira disposição, será mais fácil conhecer as belezas da região e parar sempre que algum lugar inspirar uma bela fotografia. Além disso, um veículo garante maior praticidade e conforto, elementos essenciais para quem quer uma viagem mais que agradável.O Vale é formado por mais de 30 vinícolas, o que exige tempo e disposição dos viajantes que querem conhecer o melhor da região. A dica mais importante, portanto, depois de alugar um carro, é escolher um dos hotéis e pousadas no Vale dos Vinhedos.
São diversas opções, responsáveis por proporcionar uma estadia mais que agradável aos hóspedes, tornando os dias entre o Vale ainda mais incríveis.Visitar o Vale dos Vinhedos e não levar uma garrafa de vinho sequer para casa é imperdoável. Os vinhos produzidos na região estão entre os melhores do país e podem resgatar os momentos vividos no Vale, assim que forem saboreados no conforto de sua casa.
Além de adquirir um bom vinho, aproveite para comprar produtos artesanais e guloseimas coloniais ou qualquer outro item comercializado na região que fará você matar saudades dos vinhedos, sempre que você quiser.
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Há 89 anos nascia um dos maiores humoristas latino-americanos

CEJUs ofertam cursos de cultura e de outras áreas

Toledo se prepara para receber “II Ecofeira”

Cooarte promove curso de artesanato na próxima semana

Músico de Toledo lança disco em Nova Iorque

Escritora Hilda Hilst será homenageada na FLIP

“5E” realiza audição para selecionar novos dançarinos

Encontro reunirá fabricantes artesanais de instrumentos musicais

Um herói que se levantou no passado e é lembrado hoje

Abertas inscrições para os cursos da Casa da Cultura

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)