Cultura

A importância de um idioma

| 19/05/2017 - 20:50

A importância de um idioma

O idioma falado por um povo, além de seu patrimônio cultural imaterial, é também um dos aspectos que constitui sua identidade. A língua é fundamental para a comunicação e expressão de todos os povos do mundo. É um organismo vivo e dinâmico, que caracteriza e personaliza uma nação. Devido a sua importância alguns países celebram o Dia da Língua Nacional e aqui no Brasil a data é comemorada neste domingo, 21 de maio.
Em nosso país falamos o português (ou língua portuguesa) idioma que herdamos dos portugueses, principais responsáveis pela colonização do Brasil. Porém, o português falado pelos brasileiros é diferente do idioma falado em Portugal, pois sofreu ao longo de séculos influência de outros povos, nativos e estrangeiros.
Com a chegada dos europeus, a partir de 1500, as línguas indígenas passaram a ser faladas também pelos colonizadores portugueses, que aqui adotaram um idioma misto baseado na língua Tupi. Somente no século XVIII o português tornou-se o idioma oficial do Brasil. Com o passar do tempo, nossa língua também foi influenciada pelos povos africanos que para cá foram trazidos durante o período da escravidão e por outros imigrantes que contribuíram e ainda hoje se somam na construção da cultura brasileira, como japoneses, árabes, italianos, alemães, ingleses, franceses, espanhóis e tantos outros. Graças a essa pluralidade nos apropriamos de um idioma híbrido, que é só nosso. Portanto, temos um legítimo e significativo motivo para celebrar o Dia da Língua Nacional.
Origem da data
Atualmente a língua portuguesa é o sexto idioma mais falado do planeta e São Paulo, com mais de 10 milhões de habitantes, é considerada a cidade com o maior número de falantes de português em todo o mundo. Por esse motivo a capital paulista abriga o Museu da Língua Portuguesa, o único existente do gênero. Inaugurado em 20 de março de 2006, esse museu inspirou um movimento da sociedade civil, que buscava valorizar o diálogo, a diversidade cultural e a liberdade de expressão em nossa comunicação. Em decorrência desse apelo, foi instituído dois meses depois, em 21 de maio, o Dia da Língua Nacional.
Será que uma língua tem certidão de nascimento?
De acordo com o Museu da Língua Portuguesa, em que pese as controversas, alguns historiadores e linguistas consideram o testamento do Rei Afonso II, de Portugal, como o primeiro documento oficial, datado e redigido em português. O texto é de 27 de junho de 1214.
A língua se transforma e acompanha a evolução da sociedade, mas existem alguns grupos de indivíduos que não participam do processo social comum. São pessoas que não acessam as experiências sociais das quais a maior parte de nós participamos. Isso pode acontecer com os analfabetos, que não interagem socialmente mediante a escrita e a leitura, e com os surdos e mudos, que não conseguem se exprimir através da oralidade.
Para promover a inclusão social desses grupos, algumas iniciativas vêm sendo tomadas, como a adoção de medidas que reconheçam e protejam seus direitos. Buscando atender as pessoas que possuam deficiência auditiva, por exemplo, os governos tentam efetivar algumas leis.
Você sabia que o Brasil é um país bilíngüe?
O país passou a ter dois idiomas depois que a LIBRAS – Linguagem Brasileira de Sinais – foi reconhecida como língua oficial do Brasil. A Linguagem de Sinais foi reconhecida pela Lei Federal 10.436, sancionada em 2002, e regulamentada pelo Decreto Presidencial 5.626, de 2005.
Apesar da oficialização da LIBRAS como idioma, ainda são muitos os obstáculos que as pessoas surdas e mudas enfrentam em todo país. São entraves que vão desde a comunicação dentro de casa com os próprios familiares, passando pelo aprendizado nas escolas e chegando a dificuldade de se relacionar com o restante da sociedade.
A cidade de Toledo conta com a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos e Surdos – APADA – que oferece o curso de LIBRAS para os portadores de necessidades especiais e para qualquer morador que queira aprender a Linguagem de Sinais. Seu telefone é (45) 3378-1828.
A Diretora da APADA, Denize Debus de Mello, lembra que os deficientes auditivos e surdos se deparam cotidianamente com barreiras, que muitas vezes são criadas pelo poder público. A prefeitura de Toledo, por exemplo, não consegue por em prática um mecanismo criado por ela mesma para ajudar essa parcela da população. A Lei “R” N° 74, de 2009, institui o Programa de Treinamento da LIBRAS para os servidores municipais, mas nunca formou nenhuma turma.
Por fim, a Diretora nos propõe uma reflexão: “Todos se preocupam em aprender o inglês e em todas as escolas há a disciplina de inglês. Mas, e a LIBRAS, que é idioma oficial, que é nossa língua?”
Nossas duas línguas são muito importantes para o respeito e fortalecimento da nossa cultura.
Fernando Baldi Braga

Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Empreendedores culturais recebem atenção dos governos estadual e federal

Folclore, o elo que nos une e cria nossa identidade

Levantamento mostra quais os lugares que os idosos mais desejam conhecer. Confira alguns, e boa viag

Conheça os candidatos ao Conselho Estadual de Cultura

Talento triunfante: de Toledo para os palcos do mundo

Escola Baillare participa hoje de importante festival de dança

No Dia Nacional do Patrimônio Histórico, Toledo está na vanguarda

Seguem abertas inscrições para o 1° Concurso de Haicai de Toledo

Intercâmbio cultural ocorre durante visita técnica a municípios da BP3

Grupo de dança de Toledo é premiado em Maringá

Mais Destaques

Esporte

Atletas da Sadia participam de treino controle na Bulgária para o Mundial de Pesaro

Economia

Governo não inclui Itaipu e Eletronuclear na desestatização da Eletrobras

Geral

Acit estágios e currículos integra evento Pig Data 2017

Cidade

Alunos e familiares do Florir Toledo aprendem decoupage

"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)