Artigos

As operações imobiliárias e a informação na Declaração do Imposto de Renda

| 20/04/2017 - 22:20

Por Ana Paiva e Letícia Nunes
O período de entrega da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física - DIRPF iniciou no dia 1º de março de 2017 e, geralmente, é nesta época que os contribuintes começam a organizar a sua documentação e observar todas as operações realizadas no ano anterior.
Muitas vezes, é somente neste período que os contadores e consultores destes contribuintes tomam conhecimento das operações imobiliárias que os mesmos tenham realizado. Estando inclusive, em muitos dos casos, com as obrigações tributárias atrasadas.
O que ocorre é que a compra e venda de bens e direitos, inclusive as propriedades rurais, se submetem à apuração de Ganho de Capital. Assim, sempre que uma operação de venda for realizada por um valor superior ao pago no momento da sua aquisição, será necessário apurar este imposto.
O Ganho de Capital, embora seja uma modalidade de Imposto de Renda, diferentemente dos demais rendimentos percebidos, não é apurado juntamente na Declaração de Ajuste Anual, mas sim através de tributação exclusiva, apurada em um programa específico e de forma individual, o que não adiciona e nem reduz a base de cálculo para a DIRPF.
O cálculo do imposto sobre o Ganho de Capital é feito por meio de um programa auxiliar, denominado GCAP - Ganhos de Capital, que pode ser baixado através do site da Receita Federal. Nele são inseridas as informações sobre o negócio, apurado o imposto e gerado um arquivo que posteriormente será importado para a Declaração de Ajuste Anual.
O prazo de recolhimento do imposto sobre o Ganho de Capital também não se dá juntamente com a DIRPF, pois tem vencimento no último dia útil do mês subsequente ao recebimento da venda do bem ou direito. Caso a venda seja feita a prazo, a apuração do imposto também será parcelada e proporcional ao valor de cada recebimento.
Desta maneira, deverá constar na Declaração de Ajuste Anual que será entregue até o dia 28 de abril de 2017, além da baixa do bem da relação de bens e direitos do contribuinte, o relatório específico que contém as informações das operações realizadas.
A informação deverá ser prestada pelos contribuintes, pois a Receita Federal necessita cruzar as mesmas com os dados que já foram enviados a ela através da entrega da DOI (Declaração sobre Operações Imobiliárias), que é feita pelos tabelionatos de notas e cartórios de registros de imóveis para registrar a negociação.
Assim, independentemente do valor da operação, é importante e necessário que essas informações sejam repassadas pelos contribuintes a fim de facilitar o cruzamento de dados e evitar a abertura de procedimentos fiscais para averiguar as negociações.
Mesmo quando não é gerado imposto, por a venda estar enquadrada em uma situação de isenção ou imunidade, a parcela recebida irá somar a outros rendimentos na declaração de Imposto de Renda. Esses valores somam-se às origens de caixa dos contribuintes, justificando novamente a importância da importação do relatório de apuração do Ganho de Capital na Declaração de Ajuste Anual.
Caso o contribuinte tenha deixado de recolher este imposto no momento certo, seja por falta de assessoria ou desconhecimento das regras, pode aproveitar esta oportunidade para regularizar a situação e, portanto, evitar problemas futuros com a Receita Federal.
Diante do todo exposto, a Safras & Cifras salienta da importância de um planejamento tributário prévio, para que essas operações sejam acompanhadas, de preferência, antes da realização do negócio, propiciando assim a estruturação tributária da operação, o pagamento dos impostos no momento certo, sem multas e correções, bem como, a tranquilidade de estar com as obrigações com o fisco em dia.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

Não há cidade inteligente sem cidadãos empoderados

Bem-aventurada aquela que acreditou

Não é ajuste fiscal! É a destruição do serviço público que vai afetar a vida de todos os brasileiro

De Heus veio agregar valor à produção agro do Oeste do Paraná

Sua história não é feita de boletos pagos, mas sim de experiências vividas

As consequências dos desajustes

Será que os alunos querem as Metodologias ativas?

Senhor, é vossa face que eu procuro; não me escondais a vossa face!

Provocação da reforma eleitoral deveria ser abortada na rua

Transparência partidária e reforma política

Mais Destaques
"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)