AgroGazeta

Frango vivo: Indústrias saem às compras e preços estão firmes

| 20/04/2017 - 20:30

Frango vivo: Indústrias saem às compras e preços estão firmes

Os frigoríficos anteciparam suas compras por conta dos feriados de abril. Com isso, os preços do frango vivo reagiram em algumas regiões do país.
Nessa semana, apesar da estabilidade em muitas praças, os negócios estão firmes. Para o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), o bom desempenho das vendas brasileiras, somado à expectativa de aumento da demanda doméstica, interrompeu o movimento de queda dos preços no atacado nos últimos dias, com reações no Sul e no Sudeste.
Outro fator positivo para a recuperação nos preços é o ajusta da oferta. Segundo dados da Apinco - considerando o volume de alojamentos de pinto - em março o país produziu 1,135 milhão de toneladas de carne de frango. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda foi 5%.
Em São Paulo a ave terminada nas granjas está cotada em R$ 2,50/kg. Já em Minas Gerais o valor de referência é de R$ 2,60/kg.
E mesmo com a manutenção dos preços nas granjas, o poder de compra do avicultor, em relação ao milho, melhorou. Segundo analise da Scot Consultoria, em Campinas o produtor consegue adquirir 5,40 quilos do cereal, por quilo de frango vivo comercializado. Essa relação apresentou melhora de 2,2% em detrimento da semana passada.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Excesso de chuvas traz prejuízos à safra de soja no oeste do Paraná

Clássico da Soja em dose dupla terá estreia de Paulo Baier e preliminar com ex-atletas

IAP e Polícia Ambiental desmontam esquema de extração ilegal de palmito

CNA promove debate sobre financiamento para o agronegócio

Produtores de soja atrasam comercialização de nova safra

Frango Vivo: quedas em SP, MG e SC e alta no PR

Blairo Maggi diz que ‘a princípio’ deixará governo em abril

Início da colheita da soja impacta nos preços e prêmios no BR

Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais

Justiça considera interdição do Ibama irregular e libera aviões

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)