Artigos

Em Cristo somos novas criaturas. Aleluia. Aleluia!

| 15/04/2017 - 00:01

A solenidade da Páscoa é o Grande Dia para toda a humanidade. Neste clima de alegria e júbilo a comunidade renovada se reúne. Deus salvou o seu povo, restabeleceu o diálogo e sinalizou um caminho novo de vida para todos nós através da Ressurreição de Jesus.
No Evangelho deste domingo podemos perceber que o encontro com o Ressuscitado acontece em meio às incertezas, medo, dúvidas. Maria Madalena vai ao sepulcro no meio da noite, é escuro ainda, fora e dentro dela, e não entende nada quando encontra o sepulcro vazio. Não consegue imaginar que a vida venceu a morte, que Jesus Ressuscitou. Ela se sente perdida e corre para a comunidade, é ali que vai fazer a experiência da ressurreição junto com os outros que sempre acreditaram em Jesus.Agora serão necessários um novo olhar e uma nova vida. Maria Madalena é movida pelo amor ao Mestre e o busca com todas as suas forças. Ele será encontrado não no mundo dos mortos. Aquele que vive deve ser buscado onde há vida. Afinal, a vida vence a morte!
A vida cristã nasceu no dia da Páscoa do Senhor, por isso Domingo se tornou o Dia do Senhor. Todos os domingos a Igreja nos recorda que a Ressurreição de Jesus é o ponto central de nossa vida.
Tudo o que existe é penetrado pela energia vital do Ressuscitado; nossa vida é impulsionada até sua plenitude final, mesmo que, às vezes, não conseguimos ver, sentir; a força do Ressuscitado está ali nos ajudando a caminhar, a criar um mundo novo. Por isso, ao celebrar a Páscoa não podemos ser os mesmos de sempre, a vida mudou, nós mudamos porque um Espírito novo está dentro de cada um de nós.
O Ressuscitado está conosco, no meio de nossas fragilidades, sustentando para sempre a esperança, a bondade que renasce em cada um de nós como promessa que nos conduz ao infinito e nos garante que não morreremos jamais. O dom maior do Ressuscitado é a paz: “a paz esteja com vocês”, disse Jesus aos seus apóstolos. Ele acompanha as nossas dores e tristezas consolando de modo permanente e misterioso. Ele está presente em nossos fracassos e impotência como força segura que nos defende. Ele está em nossos pecados como misericórdia que nos suporta com paciência infinita e nos compreende e acolhe até o fim. Ele está inclusive no momento de nossa morte como vida que triunfa quando tudo parece acabar.
A Páscoa é a festa da vida. A festa de todos que se reconhecem mortais, mas que descobriram no Cristo Ressuscitado a esperança de uma vida eterna.
Felizes aqueles que nesta manhã da Páscoa deixam entrar em seus corações as palavras de Cristo: “Tenham a minha paz. Neste mundo vocês terão aflições, mas tenham coragem; eu venci o mundo” (Jo 16,33). Feliz e Santa Ressurreição a todos!
Dom João Carlos Seneme, css
Bispo de Toledo
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

Sob Lula, os pobres e negros tiveram um lampejo de esperança, desfeita pelo golpe e pelo próprio PT

“Ó Senhor, vós sois bom e clemente, sois perdão para quem vos invoca” (Sl 85)

Podem as urnas absolver Lula?

O cuidado com usuários de álcool e outras drogas

A morte de Deus e o retorno da moral

Unificação de dados: prevenção de doenças e redução de custos

Brasil, o país em que os juízes tomaram o poder

Martinho Lutero e a Theotókos: Mãe de Deus

Da Carne Fraca ao contrabando legislativo

Jesus, semente de vida eterna, veio habitar entre nós

Mais Destaques

Cidade

Arraiá solidário

Moda

Dicas sobre microagulhamento

"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)