Economia

Inflação para famílias com renda mais baixa fecha 2016 em 6,22%

| 06/01/2017 - 00:01

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que mede a inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos, fechou 2016 com uma taxa de 6,22%. A taxa é inferior aos 11,52% de 2015, segundo dados divulgados hoje (5) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).
O IPC-C1 ficou, no entanto, acima dos 6,18% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda.
Entre os grupos de despesas analisados pelo IPC-C1, as maiores taxas de inflação de 2016 vieram de despesas diversas (11,21%), saúde e cuidados pessoais (9,73%) e educação, leitura e recreação (8,88%).
Os alimentos tiveram inflação de 7,1% e os transportes, de 7,8%. As menores taxas foram observadas em habitação (2,9%), comunicação (3,1%) e vestuário (3,59%).
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Governo estuda nova devolução de recursos do BNDES ao Tesouro

Governo não inclui Itaipu e Eletronuclear na desestatização da Eletrobras

PIB cai 0,24% no segundo trimestre, diz pesquisa da FGV

Ministro diz que são falsas notícias de que salário mínimo será reduzido

Portal do Empreendedor recebe melhorias para simplificar atendimento

Petrobras eleva preços de diesel e gasolina a partir de hoje

Déficit previdenciário dos estados cresceu 10% em 2016

CGU encontra problemas graves em imóveis do Minha Casa, Minha Vida no Paraná

Cade investiga fabricantes de filtros automotivos

Revisão de meta do déficit fiscal pode prejudicar retomada do crescimento

Mais Destaques

Cultura

Empreendedores culturais recebem atenção dos governos estadual e federal

Geral

Acit estágios e currículos integra evento Pig Data 2017

Cidade

Alunos e familiares do Florir Toledo aprendem decoupage

Esporte

Atletas da Sadia participam de treino controle na Bulgária para o Mundial de Pesaro

"O número de acidentes no trânsito de Toledo cresceu 28,5%, no comparativo entre janeiro deste ano e o mesmo período do ano passado, de acordo com dados pela PM (ver gráficos). Toledo está na contra-mão do estado que, reduziu em 23% os números nos mes"
(Redação)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)