Economia

Indústria acumula queda de mais de 7% de janeiro a novembro

| 06/01/2017 - 00:01

Indústria acumula queda de mais de 7% de janeiro a novembro

A Produção Industrial Brasileira chegou a novembro último com queda acumulada de 7,1% nos onze meses de 2016. Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Brasil (PIM-PF), divulgada hoje (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com os dados do penúltimo mês do ano.
No entanto, em novembro do ano passado a produção industrial nacional cresceu 0,2% em relação a outubro, mês em que a indústria também fechou em queda 1,2%.
No confronto com igual mês do ano anterior (2015), série sem ajuste sazonal, o total da indústria apontou queda de 1,1% em novembro de 2016, neste caso a 33ª taxa negativa consecutiva nesse tipo de comparação, mas a menos intensa desde o resultado de março de 2014: -0,4%.
O indicador acumulado nos últimos 12 meses também reduziu o ritmo de queda ao fechar com recuo de 7,5%, contra os menos 8,4% relativos a outubro.
Os dados do IBGE indicam que a indústria, no indicador acumulado para os onze meses imediatamente anterior, vem reduzindo o ritmo de queda desde julho do ano passado, quando a taxa fechou com queda acumulada de 9,5%, resultado 0,2 ponto percentual inferior aos -9,7% de junho. A queda acumulada em doze meses voltou a cair 0,2 ponto em agosto (-9,3%) e em setembro (-8,7%).
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Indicador de emprego da FGV chega a 103,9 pontos

Crescimento nos próximos anos será mais equilibrado entre setores, diz ministro

Mudar transporte contra aquecimento global requer apoio, dizem especialistas

54% dos consumidores querem reduzir os gastos em dezembro

Empresas podem optar até 20 de dezembro pela antecipação do eSocial

Natal: 11% dos pais que pretendem presentear irão atrasar contas

Assembleia aprova projeto que pode aumentar impostos empresas

Leniência fechada pelo MPF deve garantir R$ 24 bi aos cofres públicos

Após fraco resultado, setor de transporte mantém otimismo cauteloso para 2018

Mais Destaques
"Poder-É a capacidade de arbitrariamente, agir e mandar, exercer a autoridade, a soberania, o império dos grupos que se formam visando o poder, o monopólio. Quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação A. Desconhecido"
(Desconhecido)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)