Política

Governo extingue 4,6 mil cargos e calcula economia de R$ 240 milhões por ano

| 29/12/2016 - 00:01

Governo extingue 4,6 mil cargos e calcula economia de R$ 240 milhões por ano

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, anunciou hoje (29) a extinção de 4.689 cargos em comissão e funções de confiança no governo federal até julho de 2017, como resultado da reforma administrativa. A estimativa é que o corte leve a uma economia de R$ 240 milhões por ano.

Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira dá entrevista sobre reforma administrativaFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

No total, serão 1.602 funções de confiança e 3.087 cargos de direção extintos. Do início de 2015 até agora, houve redução de 30% de cargos nos ministérios, segundo Oliveira. Alguns cargos e funções já foram desocupados, outros serão extintos gradualmente, em 1º de janeiro, 31 de março e, por último, em 31 de julho do ano que vem.

Os [cargos] com prazo [de extinção] até março e julho estarão ocupados até esse prazo, porque a transição do serviço público não dá para simplesmente tirar imediatamente as pessoas da função. O órgão tem que reestruturar a equipe para não haver descontinuidade dos serviços. Em alguns casos demos um prazo até julho para que haja a desocupação dos cargos”, explicou.

Livre provimento

Oliveira disse ainda que o governo também trabalha na conversão de 10,4 mil cargos de livre provimento. Nesse processo, cargos que atualmente podem ser ocupados por pessoas sem vínculo com a administração pública passam a ser exclusivos de servidores contratados por concurso público.

O ganho disso é a melhoria na quali

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Política'

Intervenção é correta, diz base aliada; oposição classifica de cortina de fumaça

Obras da BR-163 vão alterar trânsito nos trevos de acessos

Comissões de trabalho apresentam atrações para feira Shopping 2018

Debate sobre reforma da Previdência na Câmara começa na terça-feira

Subsecretário diz que perdão de dívidas favorece sonegação fiscal

Denúncia eleitoral contra Cristiane Brasil parou em 2010

Dep. da Rede vai pedir convocação de Segovia para explicar declarações sobre Temer

Candidatos poderão usar seu próprio dinheiro nas campanhas

Temer vai a Boa Vista nessa segunda para tratar da migração de venezuelanos

Aprovada instalação obrigatória de bloqueadores de celulares em presídios

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)