Cidade

Toledanos vão passar Natal em família com churrasco

| 24/12/2015 - 00:01

O movimento nos supermercados de Toledo nesta semana está intenso com as pessoas comprando os últimos produtos para a Ceia de Natal. A preferência dos toledanos é passar a ceia em família e no cardápio, além das aves tradicionais, incluindo o peru e chester, o bom churrasco não pode faltar, acompanhado de cuca, frutas, panetones e bebidas. Com mais opções e variedades de produtos, o comércio de Toledo atrai clientes dos distritos e de outras cidades da região.
O aposentado Astor Hinterholz, que reside do distrito de Vila Nova, conta que na noite de Natal é tradição na sua casa reunir toda a família, que sempre vem em primeiro lugar. “São quatro filhos, mais netos, bisnetos, genros, namoradas e namorados e iremos reunir bastante gente na noite do dia 24 e também para o almoço de Natal. E para a ceia iremos fazer um bom churrasco com cerveja sem álcool e refrigerante. Na nossa família não temos tradição de comer peru ao chester. Os preços não aumentaram tanto mesmo com inflação alta, por isso vamos manter a nossa ceia”, afirma.
Segundo a dona de casa, Anilda Schons, que mora em uma chácara na cidade, os preparativos para ceia já começaram e ela aproveitou a tarde dessa terça-feira, para comprar os alimentos para a reunião familiar. “Toda a família estará reunida, meus filhos, noras, genros e os netos. O chester será a milha filha que irá comprar e vou preparar cuca e outros pratos. Os panetones eu já comprei. Além da ceia, a família se reúne para o almoço no dia de Natal. Para mim essa confraternização é muito importante e teremos também a brincadeira do amigo secreto”. Ela disse que o chester está um pouco caro neste ano e o quilo custando em média, R$ 15,00.
O mecânico José Reveltom dos Santos e a esposa irão passar as festas de final de ano na casa dos filhos em Florianópolis (SC). Ele disse que faz questão de comprar as carnes para o churrasco e as bebidas em Toledo. “Estou indo para Florianópolis e passarei a Ceia de Natal com os meus três filhos e os netos. Uma ceia sem os familiares não tem comemoração, porque a família é tudo. O churrasco será o prato principal e teremos ainda cuca, bolo e frutas. Estou fazendo as compras e irei encher o carro com os produtos de Toledo. Vou levar carne, cerveja, frango e frutas. Lá tudo é mais caro e levando os alimentos gastamos pouco e alegramos a todos”, afirma.
Para o aposentado, João Toterk, que mora no distrito de Concórdia do Oeste, na sua família a ceia não é uma tradição, mas todos se reúnem para o almoço no dia de Natal. “Para o almoço desta sexta-feira, iremos receber em casa meus filhos e netos. Este ano será especial porque o meu filho, que mora em Rondônia, irá passar o Natal com a gente. Estou aproveitando para comprar presentes e cestas natalinas. Para o almoço vamos preparar um bom churrasco para saborear com toda a família”.
Ignez de Sordi, do distrito de Bom Princípio, conta que a carne para o churrasco já está garantida. Serão abatidos animais de sua propriedade. A tradição também conta com lentilha, que será especialmente preparada para a Ceia de Natal. “Estou fazendo as compras antecipadamente porque é mais tranquilo. Na minha família comemos lentilha à meia-noite e na tradição antiga. No dia de Natal fazemos o churrasco para os convidados e familiares. Os preços dos produtos estão um pouco caros, mas as carnes para o churrasco são da nossa propriedade. Temos criação de suínos, bois e carneiros. Neste ano serão dois porcos que iremos assar. É muito bom passar o Natal com a família. É sinal que está tudo bem”, enfatiza.
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Municípios receberão R$ 6,6 bi da participação no ICMS em 2018

Veja como reagir em caso de picada de escorpião

Fórum Mundial da Água tem evento preparatório em Foz

Caciopar estimula adesão a ações da Lava-Jato

Jardim Coopagro: Audiência Pública propõe novamente alterações no sentido das vias

Toledo recebe Oficina Técnica Regional do Plano Estadual de Resíduos Sólidos

A oficialização do sim perante o poder judiciário

Ligue 153: Espaços públicos sofrem vandalismo

Too de Férias: Museu é ponto turístico indispensável para quem quer conhecer a história do município

Representantes do CTG Chama Crioula se reúnem com o prefeito

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)