Cidade

Infestação de caramujos preocupa moradores

| 23/12/2015 - 00:01

Infestação de caramujos preocupa moradores

Moradores da Vila Industrial, em Toledo, reclamam de uma verdadeira invasão de caramujos africanos durante a noite. A maior preocupação é com a saúde, já que doenças sérias podem ser transmitidas, como verminoses que causam perfuração intestinal e até cegueira. O excesso de umidade deixado pela chuva facilita a infestação de caramujos em alguns bairros da cidade. A espécie foi trazida para o Brasil há quase 30 anos para ser comercializada como alimento, mas se tornou um problema de saúde pública. O morador da Vila Industrial, Eitor Müller, disse que todo o dia de manhã a sua mãe recolhe no quintal da residência vários caramujos. “O bairro está infestado desses caramujos e outras localidades da cidade também. Os caramujos começaram a aparecer neste ano, principalmente agora em novembro e dezembro. Esses bichos também atacam a horta de casa e estão acabando com as hortaliças”, diz.
Eitor conta que quando surgem muitos caramujos, ele joga sal de cozinha para matar o bicho e depois jogar fora. “Depois que comecei a jogar sal, a quantidade de caramujos diminui. Eu não sei qual é o órgão responsável para dar uma destinação correta aos caramujos, que são venenosos e perigosos. Eles se reproduzem muito rapidamente. Ainda bem que dentro de casa os caramujos não entram, mas no quintal, telhado e na horta os bichos se multiplicam”, afirma.
Caramujos não têm predador natural e a proliferação é muito rápida
Por ser uma espécie exótica, o caramujo não tem predador natural no Brasil, sendo muito difícil acabar com esses bichos que se proliferam rapidamente. O engenheiro de pesca do Instituto das Águas do Paraná, escritório de Toledo, Robert Hickson explica que os caramujos ficam geralmente embaixo da terra e emergem quando o volume de chuvas é elevado. “Quando começa o período de chuvas eles saem do solo e ficam grudados nas paredes e muros. Não é fácil acabar com esse bicho, porque quando não chove ficam enterrados e sendo um animal exótico não existe predador natural. É um problema que foi trazido pelas pessoas que estavam estimulando o consumo dessa iguaria, mas não deu certo e acabaram soltando esses bichos. Alguns animais que chegaram ao Brasil deram certos a exemplo do boi e o frango, mas outros como o caramujo não foi aceito pelos brasileiros”, diz. Ele confirma que o sal de cozinha é eficaz para matar os caramujos. “Esses bichos de corpo mole morrem facilmente com esse tempero, eles acabam se desidratando”. Robert orienta que outra forma de matar o caramujo é cozinhando, porém o brasileiro não tem o costume de comer essa iguaria, que é típica da França.
A população tem grandes dificuldades em dar um destino correto para os caramujos depois de mortos e acabam jogando no lixo comum. Robert Hickson disse que as pessoas precisam procurar os órgãos competentes. Estaduais: o IAP e municipais: secretaria do Meio Ambiente, secretaria da Saúde e Vigilância Sanitária.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

UNIOESTE realiza “Colóquio Internacional Dinâmicas de Fronteiras”

Marina Elali apresenta-se no Teatro nesta sexta e anuncia desejo de ser mãe

Jogos da Juventude: técnicos visitam Toledo

Toledo sediará etapa do Concurso “Queijos Artesanais do Paraná”

Governo garante recursos para reforma de cinco UBS

Educação vai regulamentar oferta da língua indígena

Melhora da economia influencia abertura de empresas no Paraná

Sistema de vídeo monitoramento de Toledo está acéfalo 

Aberta oficialmente a 25ª Feira Shopping

Prof. Sérgio Herkert lança livro educativo sobre brincadeiras e esporte

Mais Destaques

Geral

Conta de luz aumentará com venda da Eletrobrás, dizem especialistas

Gente X Poder

Apenas 60% das empresas da feira shopping são de Toledo.

Regional

São José das Palmeiras comemora 33 anos com festa

Economia

Como declarar conta do banco no Imposto de Renda 2018

Estado

Mesmo vaga, vice-governadoria consumirá R$ 50 mil por mês em comissionados

Opinião

Mensagem: Ciscopar x Gestão

"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)