Cidade

Ademar Dorfschmidt: Missão é resgatar o Legislativo de Toledo

| 31/12/2014 - 00:01

Ademar Dorfschmidt: Missão é resgatar o Legislativo de Toledo

O vereador Ademar Dorfschmidt (PMDB), 41 anos, casado, pais de três filhos, ex-líder do governo municipal será empossado nesta sexta-feira, 2, como novo presidente da Câmara de Vereadores de Toledo para o biênio 2015/2016. A cerimônia, marcada para as 10h, no Plenário Edilio Ferreira vai reunir autoridades, familiares e convidados.
Em seu segundo mandato como vereador com 1254 votos na primeira eleição e 1846 na segunda, Ademar assume pela primeira vez o posto de presidente e terá a missão de resgatar o legislativo de Toledo, que recentemente se tornou o foco das atenções por ter dois vereadores envolvidos em denuncia de compra de votos para a nova mesa diretiva.
“Nós precisamos fazer com que o Legislativo seja um local que possa receber visitas importantes e não apenas quando acontecem fatos negativos. Quanto a este acontecimento recente, a justiça está encarregada de apurar os fatos e se comprovado, o Legislativo vai tomar todas as decisões necessárias dentro daquilo que a sociedade espera que os representantes públicos façam”, explica o vereador.
Para ele, a Câmara de Toledo precisa retomar o seu posto de modelo para o estado e para o país e para que isso aconteça também é necessário promover a aproximação com a população, com os setores pensantes e com a sociedade organizada. “Se é a casa do povo, precisamos que a sociedade esteja envolvida mais diretamente com as ações do Legislativo. Dessa forma é possível que tudo aconteça com mais transparência e principalmente com a cobrança a seus representantes”, garante Ademar.
Outra grande responsabilidade para sua gestão, segundo o parlamentar, é na administração dos recursos públicos. Só de verbas, o Legislativo possui um dote orçamentário de R$ 8 milhões, mas a grande a responsabilidade está na arrecadação do município que em 2015 pode chagar a quase meio bilhão de reais e aplicar esses recursos tudo passa pelo Legislativo.
Em dois anos como líder de governo, Ademar se diz satisfeito por ter dado condições ao Executivo para que pudesse administrar bem as ações do município em prol da comunidade. “Não tivemos qualquer derrota que viesse a prejudicar o governo, tivemos todos os projetos aprovados e sem afetar essa boa aproximação entre as duas casas. Só tenho a agradecer ao prefeito Beto Lunitti e ao vice-prefeito Adelar Holsbach (Pelanca) por terem me dado essa grande oportunidade”, salienta.
Na atual gestão, Ademar Dorfschmidt foi um dos vereadores mais atuantes do Legislativo. Somente em 2014, foram nove projetos de leis, 59 indicações e 28 requerimentos apresentados por ele. Dentre eles, se destaca o Requerimento para o Ministério da Saúde solicitando a compra de um aparelho Pet Scan para a Uopecan, hospital de Cascavel, espiralizado em atender pacientes com câncer. O aparelho, segundo parlamentar, custa em torno de R$ 5 milhões de reais e é usado para detectar células cancerígenas e aprofundar o tratamento dos pacientes. “Vou continuar trabalhando em cima disso, porque sei da importância que isso terá para toda a região”, explica.
Outras conquistas do vereador também se destacam em 2014. Uma delas foi a participação ativa na vinda do Campeonato Brasileiro de Motocross para a cidade, evento inédito e de alto nível e outra, a realização da segunda edição da Festa do Boi no Rolete da igreja Luterana.
Ademar Dorfschmidt também participou das Comissões de Legislação e Redação por onde passam todos os projetos da casa, como presidente, Comissão Orçamentária, Tributária e Financeira como vice-presidente e da Seguridade Social e Saúde como secretário. Nesse período foram 212 projetos votados. O vereador produziu 87 relatórios nesse período.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Municípios receberão R$ 6,6 bi da participação no ICMS em 2018

Veja como reagir em caso de picada de escorpião

Fórum Mundial da Água tem evento preparatório em Foz

Jardim Coopagro: Audiência Pública propõe novamente alterações no sentido das vias

Caciopar estimula adesão a ações da Lava-Jato

Toledo recebe Oficina Técnica Regional do Plano Estadual de Resíduos Sólidos

A oficialização do sim perante o poder judiciário

Ligue 153: Espaços públicos sofrem vandalismo

Too de Férias: Museu é ponto turístico indispensável para quem quer conhecer a história do município

Representantes do CTG Chama Crioula se reúnem com o prefeito

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)